top of page

Polícia Civil prende indivíduo envolvido em homicídio de mulher

Vítima foi morta por engano após criminosos invadirem sua residência


 

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), prendeu, em flagrante, nesta terça-feira (31/01), por volta das 11h, Renan dos Santos Pereira Neto, 26, pelo homicídio de Mara Nascimento Fernandes, que tinha 44 anos. O crime ocorreu na segunda-feira (30/01), naquele município.

Renan foi localizado e preso em uma área de mata de Parintins, e também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

 

De acordo com o delegado Adilson Cunha, titular da unidade policial, na noite domingo (29/01), houve um roubo na casa de um empresário da cidade, ocasião em que três autores armados adentraram a residência dele, no momento que ele entrava com o seu veículo na garagem.

 

“No dia seguinte, provavelmente em retaliação ao roubo, dois indivíduos, um deles sendo o Renan, foram à residência de um dos suspeitos do roubo e efetuaram disparos em sua direção, mas este saiu correndo para dentro do imóvel, momento em que sua mãe Mara saiu para ver o que acontecia e acabou sendo atingida. Ela ainda foi socorrida a uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito”, detalhou o delegado.

Conforme a autoridade policial, as investigações iniciaram logo após o crime e foi possível identificar Renan como um dos autores. Segundo Cunha, o indivíduo já possui duas passagens por homicídio. “Iniciamos as diligências e conseguimos localizá-lo em um barraco em uma área de mata. Ele confessou o delito”, disse o titular.

 

O delegado destacou, ainda, que um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para identificar os demais envolvidos no crime, inclusive, o mandante. Bem como, investigar os autores do roubo a casa do empresário.

 

Procedimentos

 

Renan responderá por homicídio e tráfico de drogas. Ele passará por audiência de custódia, e permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

0 comentário

Comments


bottom of page