top of page

Vídeo | Homens são baleados e bandidos invadem Hospital de Manacapuru para terminar o serviço

Fabio Barbosa de Souza (42) e Ericson da Costa Vieira (42), foram baleados no Rip-rap da Aparecida, socorridos e levados para o Hospital Lazaro Reis, e na madrugada, criminosos invadiram a unidade hospitalar para terminar a execução.



Uma noite de pânico para os funcionários do Hospital de Manacapuru, que foi invadido na madrugada desta sexta-feira (25), por cerca de cinco criminosos armados, que entraram na unidade hospitalar para matar um homem que deu entrada no local após sofrer uma tentativa de homicídio.

De acordo com o apurado pela Polícia Civil, era por volta das 19h, quando um grupo invadiu a residência de Fábio Barbosa de Souza (42), localizado no Rip-rap do bairro de Aparecida, no local, realizaram vários disparos contra Fábio, pelo menos oito acertaram a vítima, outro homem que estava no local, identificado como Ericsson da Costa Vieira (42), também foi baleado na perna.


Após os disparos, os criminosos fugiram do local, as vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Lazaro Reis, quando por volta das 3h da madrugada, desta sexta-feira, cerca de cinco homens armados, chegaram no local em um carro Onyx, cor branca, e em uma motocicleta, eles invadiram a unidade pelos fundos, onde funcionava a Maternidade Cecília Cabral, renderam o segurança, e tiveram acesso a parte interna do hospital, onde chegaram a agredir uma funcionária, querendo informações sobre onde estava sendo atendido o Fábio.


De acordo com informações de um funcionário do Hospital de Manacapuru, eles viveram momentos de pânico, até que a Polícia Militar foi acionada, e quando os criminosos notaram a chegada dos policiais, se evadiram do local, levando ainda celular e pertence de alguns dos seguranças.



Fábio da Feira morre no Hospital de Manacapuru


Fábio conhecido como “FB da Feira” foi alvejado por cerca de 8 tiros já Ericson conhecido como Xote, foi atingido com um tiro na perna, Xote foi levado para Manaus, já Fábio ficou na Unidade Hospitalar de Manacapuru, aguardando estabilizar seu quadro de saúde para ser transferido, porém, por volta das 9h da manhã, não resistiu e foi constatado seu óbito.


Envolvimento com o tráfico

De acordo com a Polícia Civil de Manacapuru, tanto ‘FB’ quanto ‘Xote’, tinham envolvimento com o tráfico de Drogas na Região, inclusive, ambos com passagens pela Delegacia de Manacapuru, após serem alvos da Operação Solimões sem Fronteira II, deflagrada pela Polícia Civil, em setembro de 2020. Na ocasião, Fábio foi preso em Fortaleza, de onde, segundo as investigações, atuava com o tráfico interestadual. Já Xote, foi preso na mesma Operação, porém, no Bairro de São Francisco, em Manacapuru.


Investigações

Logo após o crime, a Delegacia de Manacapuru iniciou as investigações para buscar informações sobre a possível identidade dos suspeitos, inclusive com a analise de câmeras de vigilância do Hospital e entorno. A Polícia Civil trabalha como principal linha de investigação, acerto de contas por envolvimento das vítimas com o tráfico de drogas, mas outras linhas não são descartadas. Até o momento ninguém foi preso.

0 comentário

Comentários


bottom of page