top of page

Vídeo | Escreveu não leu, o pau comeu! Dito popular lido ao pé da letra em Manacapuru

Homem se passa por cliente do Supermercado Leal, finge estar armado e anuncia o assalto, mas findou se dando mal.



Um dia da caça outro do caçador, dessa vez, o caçador se deu muito mal, isso porque, ele não contava com a astúcia de uma funcionária do Supermercado Leal, localizado no centro de Manacapuru. Calma! Vamos contar os detalhes dessa história.



Era manhã de segunda-feira, 09 de janeiro, quando um homem (ainda não identificado), chegou no Supermercado, deu aquela 'miguelada' fingido-se de cliente, aí quando percebeu a Caixa realizando a conferencia de um troco, resolveu abordar a funcionária.


"Perdeu, perdeu, passa o dinheiro" teria dito o cidadão do mal à funcionária. Isso, com as mãos dentro da vestimenta, insinuando estar armado. No primeiro momento, ela ficou ali, paralisada com a situação, até que uma outra funcionária, teria notado que o ladrão, era maior 171 e que arma nenhuma possuía com ele, foi então, que ela se aproximou e deu uma rasteira no aprendiz de criminoso, e "foi aí que o barraco desabou e nessa que seu barco se perdeu". (Só pra lembrar do velho pagode).


O ladrão estabacou-se no chão e já levantou na carreira, mas os funcionários correram atrás do protótipo de bandido, e nesse 'pega e não pega' conseguiram a captura-lo, já na esquina da Quintino Bocaiuva com a Barão do Rio Branco. Enquanto alguns homens estão ali tentando render o cabra-safado, chega a funcionária, que foi feita de vítima, e mostra como é que se faz, e não pensa duas vezes em meter a porrada no bandido, (acho que ela aprendeu a lutar com o Ronny Torres).




Após a captura do suspeito, ele foi entregue para a guarnição da Polícia Militar, e conduzido para a Delegacia de Manacapuru, para os procedimentos cabíveis.





0 comentário

Comments


bottom of page