Terceiro envolvido na morte do Jacó se entrega para Polícia e confessa ter dado as facadas na vítima

Andrey Souza da Gama (18), é apontado pelas investigações como um dos executores do plano que matou Jacó Pinheiro Araújo (27), que foi assassinado no Ramal do Chigão, KM 25 da AM 352.


#nahora


Na manhã desta quinta-feira (14), o terceiro e ultimo envolvido no assassinato do agricultor Jacó Pinheiro Araújo (27), que foi morto a facadas e teve o pescoço cortado, no dia 04 de Janeiro de 2021, no Ramal do Chicão, KM 25 da Rodovia Manoel Urbano.


Segundo informações da Polícia Civil, Andrey Souza da Gama (18), é apontado como um dos executores contratados por France Daik Sinfronio Batista (37), para executar Jacó. A motivação do crime, uma dívida pela venda de carvão que não havia sido paga pela vítima à France Daik que é conhecido na comunidade como Dadá.


"Por conta dessa dívida de carvão, esse France Daik, chamou o Emerson e o Andrey e ofereceu a eles o valor de 2 mil reais para eles matarem o Jacó, então, na noite do dia 04, a dupla foi até a casa da vítima, chamara ele para uma emboscada e desferiram várias facadas pelo corpo, inclusive com a ocorrência de esgorjamento (pescoço cortado). Inicialmente eles tentaram atirar contra a vítima mas a arma caseira falhou então resolveram matar ele a facadas, inclusive mediante a tortura". Disse Rodrigo Tores, delegado de Manacapuru.

Um dia após o crime, o primeiro envolvido já havia sido preso, trata-se de Emerson Almeida de Araújo (20), apontado como executor. Na manhã desta quarta-feira (13), foi a vez de Dadá apontado como o mandante ser preso na Comunidade da Sharp em Manaus onde estava escondido desde o dia posterior ao crime. E na manhã de hoje, Andrey se entregou na Delegacia de Manacapuru na presença de um advogado.




"Ele confessou o crime e tornou inclusive mais robusto todo o processo já apurado sobre esse crime, deu detalhes de como agiram, inclusive confessou ter desferido três facadas contra a vítima, mas que as demais facadas e o esgorjamento foram cometidos pelo Emerson, confirmou ainda ter sido o France Daik, o mentor da oferta do crime, com isso a gente fecha esse caso". Ressaltou Torres.

O trio segue preso na carceragem da Delegacia de Manacapuru onde vai permanecer a disposição do Poder Judiciário.


Entenda o caso

Preso France Daik suspeito ser o mandante do assassinato de Jacó, crime ocorreu no KM 25 da AM 352



Jacó Pinheiro vítima de homicídio


0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo