Reunião define flexibilização para atendimento em Delivery

Após questionamentos da classe, prefeitura define novo horário para o atendimento através de delivery.


#nahora


”O vírus só circula a noite?”.

Esse foi o questionamento principal da classe empresarial, principalmente os proprietários de lanchonetes que estavam impedidos de trabalhar por conta dos decretos e toque de recolher.


Como a atividade atua basicamente no período noturno, a classe ficou prejudicada já que estavam impedidos de realizar vendas mesmo através de delivery por conta do decreto do toque de recolher que impede a circulação de pessoas a partir das 19h.


Os questionamentos motivaram uma reunião entre representantes de órgãos municipais e os empresários, na ocasião em que ficou acordado um novo horário para o atendimento em sistema de entrega em domicilio, que passa a funcionar até a meia noite.


Alguns critérios ficaram definidos como por exemplo a padronização dos entregadores, o credenciamento dos estabelecimentos junto à Vigilancia Sanitaria, bem como os cuidados sanitários necessários (máscara e álcool em gel).


Os estabelecimentos deve permanecer fechados para atendimento presencial, deverão funcionar exclusivamente com entregas.


Foto: Divulgação PMM





0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo