Projeto do UNA-SUS Amazônia/UEA promove uso de realidade virtual no ensino de casos clínicos

A ferramenta busca virtualizar casos clínicos com a criação de ambientes imersivos de situações reais de uma sala de emergência médica


#nahora


O uso da realidade virtual tem se tornado cada vez mais presente no processo de aprendizagem em diferentes áreas do conhecimento. Com o objetivo de aproximar estudantes desta tecnologia, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento UNA-SUS Amazônia, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), apresentou, neste mês de abril, a ferramenta Salus VR. Ela permite que alunos do curso de Medicina sejam avaliados por meio de simulações virtuais de casos clínicos. A iniciativa conta com o apoio da Samsung.



Fruto do projeto Plataforma em Saúde, iniciado em 2020 no âmbito do UNA-SUS, a ferramenta busca virtualizar casos clínicos com a criação de ambientes imersivos de situações reais de uma sala de emergência médica, simuladas de forma dinâmica e interativa. Ao fim da simulação, o estudante recebe uma nota correspondente ao desempenho durante a avaliação.


O Salus VR foi desenvolvido por docentes que atuam no UNA-SUS incluindo, ainda, a participação de pesquisadores e alunos das áreas de saúde e tecnologia. O projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) Plataforma em Saúde foi realizado por meio de convênio com a Samsung, usando recursos da Lei de Informática para a Amazônia Ocidental (Lei Federal nº 8.387/1991), estando sua divulgação de acordo com o previsto no artigo 39º do Decreto nº 10.521/2020.



O Salus VR passará por uma fase final de testes de usabilidade com alunos do curso de Medicina, como parte do processo de pesquisa científica. Após essa etapa, a aplicação ficará pronta para uso dos professores em sala de aula. Durante a avaliação, o Salus VR possibilita a virtualização de dois quadros clínicos: atendimento de pacientes com casos de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e infarto.


O coordenador do projeto, professor João da Mata Libório Filho, disse que o apoio para o financiamento do Salus VR foi fundamental no desenvolvimento da ferramenta e a inovação possui um papel importante na melhoria do ensino de habilidades clínicas.


“O VR é uma tecnologia de ponta que está sendo utilizada no mundo todo. Na Salus VR, o aluno faz uma imersão para atendimento de um caso clínico em uma sala de emergência simulada com realidade virtual. Isso facilita todo o processo de aprendizagem”, disse.



*Sobre o Unasus* - O Unasus Amazônia é um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de produções científicas e tecnológicas para a saúde. Foi reformado em 2016 como resultado de uma parceria entre a UEA, o Governo do Estado do Amazonas e a Universidade Aberta do SUS – UNA-SUS/Fiocruz em um projeto conveniado com a Samsung por meio da Lei de Informática para a Amazônia Ocidental. O mesmo está localizado na Escola Superior de Ciências da Saúde da UEA/ESA.


Com a proposta de pesquisar, desenvolver e testar tecnologias educacionais para a área da saúde, que facilitem e/ou resolvam os problemas enfrentados por regiões remotas, vulneráveis e de difícil acesso à internet, o Centro já alcançou resultados proeminentes no âmbito nacional e no contexto Unasus de ensino. Tornou-se referência por ser o primeiro Centro de P&D dedicado totalmente a tecnologias para a saúde da região Amazônica.



0 comentário