Preso, segundo envolvido na morte do latrocínio do pescador em Anamã

Ação que resultou na prisão contou com Policiais Militares do 3° GPM em conjunto com a Polícia Civil do municipio.


#nahora


Chegou ao fim a caçar ao segundo envolvido no latrocínio do pescador Valdemir dos Santos Neto (64), que teve seu flutuante invadido no município de Anamã por uma dupla de assaltantes, e após não encontrar dinheiro no local, resolveram matar o homem, que na cidade era conhecido como Arigó, em seguida jogaram o corpo dele no rio.


De acordo com o comandante do 3° Grupamento de Polícia Militar (GPM), 1º Tenente Everton Lima, por volta das 23h30 desta terça-feira (08/09), um homem identificado como Altair Paiva Dionísio (31), foi preso em um flutuante no centro do município de Anamã a 168 quilômetros de Manaus.


Após conhecimento do crime, a Polícia Militar juntamente com a Polícia Civil, intensificaram o policiamento, o que resultou na prisão do primeiro envolvido de Madson Lima Oliveira (23), ainda na segunda-feira (07/09), que confessou o crime e a participação de outra pessoa, identificando "Dantas", como seu comparsa.


Os policiais realizaram buscas em áreas de mata e nas comunidades do município de Anamã, quando receberem uma denúncia anônima informando a possível localização do suspeito, a equipe foi até o local, cercou o perímetro em um flutuante, e após buscas localizaram "Dantas", deram voz de prisão e o conduziram ao município de Manacapuru, onde permanecerá à disposição da justiça.



ENTENDA O CRIME

Crueldade | Pescador foi vítima de latrocínio e teve corpo jogado no rio, em Anamã

0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo