top of page

Polícia Civil prende homem em flagrante por homicídio

Crime ocorreu após desentendimento em um bar durante uma partida de sinuca

 


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 42ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Barreirinha (a 331 quilômetros de Manaus), prendeu, em flagrante, na terça-feira (14/02), por volta das 15h, Odenilson Miqueles da Silva, 26, conhecido como “Sapo”, pelo homicídio de Rose Fran Araújo Pinto, que tinha 35 anos, chamada de “Arigó”. O crime ocorreu na segunda-feira (13/02), por volta das 14h30, na Aldeia Indígena de Ariaú, zona rural daquele município.

 

De acordo com o investigador Enéas Cardoso, gestor da unidade policial, na ocasião do crime, Odenilson desferiu golpes de faca contra Rose Fran, após um desentendimento ocorrido em um bar, durante uma partida de sinuca.

 

Segundo o gestor, tudo começou após um indivíduo identificado como Jailson, amigo de “Arigó”, que estava embriagado, cair e bater a boca no chão. Com isso, “Arigó” desconfiou que Odenilson teria o empurrado e o ameaçou com um taco de sinuca.

 

“Após isso, Odenilson foi até sua casa, pegou uma faca e retornou ao local, ocasião em que desferiu golpes nas costas e pescoço da vítima, que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. Em seguida, ele fugiu”, relatou Enéas.

 

Conforme o investigador, durante as diligências, ele foi localizado e preso na Aldeia Indígena de Ponta Alegre, também na zona rural. Ao ser questionado, confessou a autoria do crime.

 

Odenilson foi autuado em flagrante por homicídio. E ficará custodiado na 42ª DIP de Barreirinha, à disposição do Poder Judiciário.

0 comentário

Comentários


bottom of page