Polícia Civil de Manacapuru prende pedreiro condenado por estupro contra uma adolescente de 15 anos

Crime aconteceu em Caapiranga e suspeito estava tranquilo e calmo em Manacapuru


#nahora

Fonte: PCAM


A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, sob o comando da delegada Roberta Merly, titular da unidade policial, cumpriu na tarde da última sexta-feira (10/04), por volta das 14h, mandado de prisão, em razão de sentença condenatória, em nome de um pedreiro de 33 anos pelo crime de estupro. O crime aconteceu no dia 26 de maio de 2012, no município de Caapiranga, tendo como vítima uma adolescente de 15 anos.



Segundo a delegada, na época do crime, a vítima relatou que o homem a estuprou por ela ter se negado a ter um relacionamento amoroso com ele. Na ocasião, o indivíduo foi preso em flagrante, mas conseguiu liberdade provisória, respondendo ao processo em liberdade. No entanto, não compareceu a nenhum ato da instrução processual depois disso. Em 2018, o pedreiro foi condenado a oito anos de reclusão em regime fechado.


O indivíduo foi preso na residência dele, localizada no bairro Liberdade, no município de Manacapuru (distante cerca de 68 quilômetros em linha reta da capital), depois que a  atual companheira compareceu à especializada para pedir medidas protetivas, por ter sido agredida por ele.


“Após a atual companheira do infrator comparecer à especializada, tomamos conhecimento de que havia uma mandado de prisão em nome dele. Então, nos deslocamos até à casa deles e efetuamos e efetuamos a prisão”, explicou a delegada.

Procedimentos – Ao término dos trâmites cabíveis na DEP, o pedreiro ficou custodiado na unidade policial que funciona como presídio naquele município, à disposição da Justiça.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo