PC apreende grande quantidade de munição, arma e droga no Canabuoca, em Manacapuru

Foram aprendidos aproximadamente 200 munições de fuzil 762, oito carregadores de fuzil, três quilos de drogas sendo maconha, cocaína e oxi, além de uma espingarda.


#nahora


A apreensão ocorreu, após os investigadores da Delegacia de Manacapuru, ir ate a comunidade do Canabuoca, zona rural de Manacapuru, cumprir um mandado de buscas, em desfavor de Raimundo Albuquerque de Souza, que é um foragido da Justiça, por envolvimento com o tráfico de drogas e pirataria na região do Rio Solimões.



Ao chegar no loca, segundo o Delegado Rodrigo Torres, o homem conseguiu escapar, mas deixou para trás uma grande quantidade de munição, armas de fogo e aproximadamente três quilos de droga, sendo maconha, cocaína e oxi.


"O Raimundão como é conhecido, atua nessa área do rio Solimões com pirataria e tráfico de drogas, é um foragido da Justiça, e ontem, nós fomos dar cumprimento a um mandado de buscas na área onde ele atua, e mais uma vez, ele conseguiu escapar, o local é uma área de mata e de difícil acesso, só quem conhece o local consegue andar dentro das matas, mas ainda assim nossa equipe conseguiu apreender todo esse material, e esse poder bélico que estava em poder dele, só demonstra a atuação tanto no tráfico de drogas como também na pirataria". Destacou Torres.


Foram aprendidos aproximadamente 200 munições de fuzil 762, oito carregadores de fuzil, três quilos de drogas sendo maconha, cocaína e oxi, além de uma espingarda. O delegado pede ajuda da população, principalmente moradores de comunidades próximas, que informem a polícia sobre o possível paradeiro do foragido.


"Ele conseguiu escapar pela segunda vez, mas nosso trabalho continua e em breve ele vai ser preso, contamos ainda com a ajuda da população e pedimos quem tiver informações que possam ajudar a polícia a colocar as mãos nesse foragido, pode ligar para o 181, que nós garantimos total sigilo da sua identidade, e nós iremos checar toda informação recebida". Finalizou Torres.
0 comentário