PC-AM prende indivíduo por estupro de vulnerável e exploração sexual de adolescente de 12 anos

Raimundo Martins de Medeiros já tem passagem pela polícia por homicídio qualificado, ocorrido em 2010


#nahora


Nesta quarta-feira (1°/06), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), deflagrou ação que resultou na prisão, em flagrante, de Raimundo Martins de Medeiros, de 74 anos, pelos crimes de estupro de vulnerável e exploração sexual praticados contra um adolescente de 12 anos. A prisão aconteceu no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste de Manaus.


Durante a coletiva de imprensa realizada na Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, explicou que as diligências iniciaram após uma familiar do adolescente levá-lo ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro Colônia Antônio Aleixo, informando que ele estaria com dores na barriga. Após exames, foi constatado que o menor de idade havia sido vítima de estupro.

“No decorrer das diligências, descobrimos que o autor dos crimes era o ex-patrão da mãe da vítima. O delito ocorreu na tarde de ontem (31/05), quando o menino foi para a escola e o autor o atraiu para sua casa, onde o ato sexual foi consumado com a promessa de dinheiro”, disse a delegada.

Conforme a autoridade policial, a criança retornou para sua casa e, pelo período da noite, relatou dores na região da barriga, momento em que foi levado ao SPA, onde foi constatado o ato criminoso.

“Tomamos conhecimento do crime e o adolescente passou por uma escuta especializada na Depca, ocasião em que relatou o abuso que havia sofrido. Com base nisso, seguimos em diligências em busca do infrator e efetuamos sua prisão, em flagrante”, relatou a titular da Depca.

Na unidade especializada, os policiais constataram que o indivíduo já tinha passagem pela polícia por homicídio qualificado, praticado em 2010, contra Carla Ferreira de Abreu, que tinha 10 anos. A criança foi encontrada morta em um ramal do bairro Puraquequara, zona leste.

Segundo Joyce Coelho, o infrator aliciava a menina e mantinha relações sexuais com ela em troca de dinheiro, mas ela teria decidido pôr um fim na situação e decidiu contar para a esposa de Raimundo o que estava acontecendo. Posteriormente, ele passou a ameaçá-la e persegui-la, e no dia 30 de novembro de 2010, foi encontrada morta no ramal.

Procedimentos

O homem responderá pelos crimes de estupro de vulnerável e exploração sexual. Ele será levado para à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

0 comentário