PC-AM prende homem por homicídio, furto qualificado e invasão de dispositivos de informática

Prisão ocorreu no bairro Centro, zona sul de Manaus

#nahora


Na quinta-feira (09/06), por volta das 11h, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), cumpriu mandado de prisão em razão de sentença condenatória de Eduardo Souza da Silva, de 41 anos, por homicídio ocorrido em 2004. Ele estava sendo investigado por furto qualificado e invasão de dispositivos de informática praticados contra um empresário.

Conforme o delegado Denis Pinho, titular da especializada, Eduardo estava sendo investigado pelo furto de um aparelho celular e um computador de dentro do carro de um empresário. E ele é suspeito de invadir o sistema operacional do telefone para realizar empréstimos e transferências via Pix, ocasionando um vasto prejuízo à vítima.

“No decorrer das diligências, foi constatado que havia um mandado de prisão por homicídio em nome dele, expedido pelo juiz Mateus Guedes Rios, da 1ª Vara do Tribunal de Júri. Consta nos autos que a motivação desse crime teria sido o fato da vítima estar olhando para ele, incomodando-o”, informou Denis Pinho.

Ação

A prisão do infrator ocorreu no beco do Comércio, rua Marcílio Dias, bairro Centro, zona sul de Manaus. Ao longo da ação, foram apreendidos 14 aparelhos celulares, alguns já desmontados, em posse do infrator. Os policiais também conseguiram recuperar o celular que havia sido furtado do empresário.

Procedimentos

Eduardo foi condenado a 13 anos de prisão por homicídio e também responderá por furto qualificado e invasão de dispositivos de informática. Ele será conduzido à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

0 comentário