top of page

Parintins 2023: Troca de pulseiras para Festa dos Visitantes iniciou nesta terça-feira (27/06)

Público aprova a dinâmica da troca de pulseiras por alimentos não perecíveis



Na escola estadual São José Operário, em Parintins (369 quilômetros de Manaus), a fila se formou nas primeiras horas de terça-feira (27/06) para a troca de alimentos não perecíveis por pulseiras para Festa dos Visitantes, que acontece no dia 29 de junho, no Bumbódromo. Ao todo, 17 mil pulseiras serão disponibilizadas.

A ação do Governo do Amazonas, por meio de uma parceria entre as secretarias de Cultura e Economia Criativa e de Assistência Social, segue até quinta-feira (29/06), das 8h às 14h. No posto de troca, a dinâmica consiste em apresentar um quilo de alimento não perecível ou dois itens da lista de produtos, que passam por uma triagem, para verificar a validade. Se aprovados, o doador apresenta os documentos e a pulseira é colocada, de imediato.


De acordo com o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, um quantitativo de pulseiras será disponibilizado nos três dias de ação.


“Na terça e quarta-feira, a gente entrega algo de 4.200, em cada dia, e o restante na quinta-feira, quando acontece a festa no Bumbódromo”, afirmou o titular da pasta.


Público

A expectativa de viver a festa inicia na fila para troca dos alimentos. “Eu trouxe um pacote de bolacha e uma conserva. Estou muito ansiosa para ver Ludmila e Simone Mendes, vai ser muito legal”, disse a parintinense Idalma Mendes, 35, sem esconder a ansiedade.


O artista plástico do circuito bovino Vitório Oliveira, 51, compartilha da mesma opinião. “É uma iniciativa muito boa fazer esse show para nós, aqui, de Parintins, que trabalhamos no Festival e para quem vem de fora também. Prestigiar o nosso maravilhoso festival”, afirma Vitório, acompanhados da esposa e dois filhos. 

Quem mostrou disposição também foi Daise Fernandes, 70, que se considera fã incondicional de Simone Mendes.


“Estou na fila para assistir minha prima Simone”, se diverte Daise, elogiando a iniciativa. “E estou achando maravilhoso, muita gente, que bom que melhorou a nossa cidade, o nosso país, porque tudo estava muito triste”, disse a parintinense. 


Logística

Para cada doação, um CPF é cadastrado para o recebimento de uma pulseira de acesso, que tem cores distintas, indicando os setores disponíveis no Bumbódromo: pista (arena), galera do Caprichoso, galera do Garantido e cadeiras laterais.


Crianças a partir de 10 anos podem participar da festa acompanhadas pelos pais ou responsáveis. No momento da troca dos alimentos, devem apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento ou documento de identificação com foto dos menores. Além disso, RG e CPF dos pais ou responsáveis.


De acordo com a secretária de Assistência Social, Selma Melo, em menos de uma hora, 500 pulseiras foram trocadas por alimentos. Ela ressalta ainda que, no site da Seas, está disponível o edital de credenciamento das OSCs (organizações de sociedade civil) para o recebimento das doações.


“Na segunda-feira, foi lançado o edital de credenciamento para as OSCs que têm que ser da cidade de Parintins. Elas têm que trabalhar com assistência social, porque esses alimentos vão ser doados para essas instituições e, depois, vão entregar esses alimentos para famílias em vulnerabilidade social”, explicou a secretária. “Inclusive é importante ressaltar que, mesmo que você não queira participar da festa, você pode fazer a sua doação. Nós estamos aqui recebendo, os comerciantes do município podem também doar, que estamos aqui”.


Festa dos Visitantes 2023

Promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC) e apoio cultural da Eneva, a festa antecede o 56º Festival Folclórico de Parintins (30 de junho, 1º e 2 de julho). Pela primeira vez, a festa será realizada no Bumbódromo e contará com um palco 360º para receber os shows de Uendel Pinheiro, George Japa, David Assayag, Mickael, Jr Paulain, Rafa Militão, DJ Jorge Neto e as atrações nacionais, Ludmila e Simone Mendes.

0 comentário

Comentarios


bottom of page