top of page

Parintins 2023: Governo do Amazonas intensifica ações para combate a violações de direitos humanos n

Ações terão foco em informar e promover a inclusão e acessibilidade

 


O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), trouxe para Parintins a campanha “Boi-bumbá para todos”, com ações para sensibilizar, informar e prevenir violações de direitos humanos durante o 56º Festival Folclórico de Parintins.  As ações de sensibilização e conscientização seguem até o dia 3 de julho. 

Os trabalhos iniciaram na segunda-feira (26/06), com foco em cinco públicos considerados mais vulneráveis em grandes eventos: crianças e adolescentes, mulheres, pessoas com deficiência (PCDs) e idosas e população LGBTQIAPN+.

 

A titular da Sejusc, Jussara Pedrosa, destacou a atuação da pasta enquanto rede de proteção. “A Sejusc enquanto órgão do Governo do Amazonas, faz parte de uma rede de proteção e estamos aqui para combater as violações dos direitos humanos, temos frente de trabalho para crianças e adolescentes, idosos, mulheres e PCDs. Assegurando a inclusão e a proteção dos direitos humanos”, afirmou.

 

Nas ruas de Parintins, a população local já começou a receber as abordagens e apoiar as causas. É o caso do feirante Francisco Pereira, que teve a banca escolhida como ponto de fixação de cartazes e sensibilização. “É um projeto bom, todo ano tem, é muito bom para crianças e adolescentes, tem que ter cuidado que a nossa justiça está boa”, ressaltou o feirante.

 

Combate à exploração sexual

 

Entre as ações para um turismo mais seguro e prevenção à exploração sexual, pela primeira vez, o Governo do Amazonas trouxe para Parintins uma equipe capacitada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para atuar nas abordagens, identificação e soluções de casos.

 

Todos os órgãos do Estado que estão atuando no evento receberam treinamento do Unicef. Durante o Festival, a Sejusc e a Amazonastur estão à frente dos trabalhos para combater o crime de exploração sexual. As ações focam na prevenção e informação sobre canais de denúncia.

 

Orgulho LGBTQIAPN+

 

No dia 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAPN+, a Sejusc viabiliza uma parceria com os bumbás Caprichoso e Garantido para ações de conscientização, combate às violências e promoção dos direitos humanos durante todo o Festival.

 

Abordagens

 

Nas ruas, bares e hotéis serão feitas abordagens educativas para informar os canais de denúncia em caso de violações para os públicos mais vulneráveis nesse período.

 

As ações serão realizadas por técnicos da Sejusc em pontos estratégicos da cidade, como Porto de Parintins, o Aeroporto Júlio Belém, a Praça da Catedral e ao redor do Bumbódromo, além das Centrais Integradas de Fiscalização (CIFs), que serão coordenadas pelas forças de segurança do Estado.

 

Espaço Acessível

 

Nos dias do Festival, 30 de junho, 1º e 2 de julho, a Sejusc irá coordenar os trabalhos no espaço acessível dentro do Bumbódromo, que é fruto de uma parceria com a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. Serão disponibilizadas 60 vagas diárias para PCDs e acompanhantes.

 

O espaço atende à Lei 241/2015, que consolida a legislação relativa às pessoas com deficiência no Estado do Amazonas.

0 comentário

Comentários


bottom of page