Obra de construção do Hospital do Hemoam entra na reta final

Nova unidade aumentará em 300% a capacidade de atendimento do Hemoam


#nahora


O Governo do Amazonas avançou com a obra de construção do novo Hospital do Hemoam. Nesta etapa, os serviços se concentram na pavimentação da área do estacionamento e serviços de acabamento em algumas áreas do prédio e anexos. Posteriormente será instalado a central de energia.



As obras do novo Hospital do Hemoam são fiscalizadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra) e conta com quatro edificações, sendo que o prédio principal possui 15 mil metros quadrados de área construída. Os outros prédios serão destinados ao almoxarifado, lavanderia, cozinha, garagem e apoio.


A obra do novo Hospital do Hemoam passou cinco anos para chegar a 25% de execução em outras gestões. Em dois anos, a atual gestão já avançou quase 70% de execução, alcançando o percentual de 92% de conclusão.


Hemoam- A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) é referência na região norte para o diagnóstico e tratamento de doenças hematológicas e oncohematológicas. A infraestrutura hospitalar atual dispõe de 26 leitos. A partir das novas instalações, a oferta de será de 190 leitos, ou seja, a capacidade de assistência para essas doenças aumentará em cerca de 300%, chegando ao patamar de mais de cinco mil pacientes/ano internados.


Serão 156 leitos para internação e 34 destinados a outras finalidades, desde emergências a pacientes que dependem de isolamento. Além disso, irá dispor de UTI adulto e infantil, farmácia 24 horas, centro cirúrgico, entre outros.



O hospital também está projetado para atender 100% do câncer infanto-juvenil do Amazonas, o que deve ocorrer em um segundo momento após a inauguração. O Hemoam atende hoje cerca de 50% dos cânceres infantojuvenis da rede pública.


Hemonúcleos – Com o objetivo de aumentar a oferta de serviços de hemoterapia, o Governo do Amazonas também está construindo Hemonúcleos nos municípios de Coari e Tabatinga, as obras apresentam 90% e 39% de execução.

0 comentário