No Amazonas, 17 mil produtores fizeram Cadastro Ambiental Rural para regularizar propriedades

Registro é primeiro passo para obter regularização ambiental do imóvel


#nahora

Mais de 17,1 mil produtores agrícolas do Amazonas foram alcançados pelo Governo do Estado com o Cadastro Ambiental Rural (CAR). Os números se referem ao período entre 2019 e abril deste ano. O cadastro é a primeira etapa no processo de regularização ambiental de uma propriedade, e também é fundamental para se obter crédito.


As informações declaradas pelo proprietário são checadas pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam). O registro criado em âmbito federal é obrigatório para todos os imóveis rurais do país, e também é o primeiro passo para os agricultores acessarem o crédito rural e obterem a regularização ambiental do imóvel referente a Áreas de Preservação Permanente (APP), garantindo segurança jurídica e maior competitividade no mercado.

Por meio do cadastro, o produtor assegura a comprovação de regularidade ambiental, conquista maior competitividade no mercado e o acesso ao crédito rural. Por determinação do governador Wilson Lima, o Idam está intensificando ações para o desenvolvimento do setor produtivo.

De acordo com o técnico do Idam do município de Iranduba, José Maria Fernandes, o CAR veio para mudar a vida do produtor rural. Segundo ele, os agricultores recebem o apoio e orientações necessários para realizar o registro. “Além de mostrar o nível de floresta remanescente e degradada devido à grande intensidade de urbanização, o CAR é a ponte para o produtor conseguir benefícios como, por exemplo, o financiamento para expandir o seu negócio”, disse.


Oportunidades

Agricultor rural há mais de 25 anos, José Paz de Medeiros, 43, mora e cultiva sua produção de hortaliças na comunidade Monte Negro, no ramal Chapa Branca, a 8 quilômetros de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). Ele destaca as oportunidades que surgiram após a regularização.

“O CAR veio para melhorar nosso empreendimento, ele foi o começo de tudo. Hoje estou legalizado, e o meu objetivo é conseguir o financiamento para realizar um sonho que é de construir uma casa de vegetação”, relata José Paz.

Ainda segundo o agricultor, a iniciativa do governo abriu as portas para um novo cenário no setor. “Essa iniciativa do governador Wilson Lima veio para mudar a nossa realidade. Nunca antes tivemos esse apoio de regularização de documentos. Estou muito feliz em ter a oportunidade de trabalhar e conseguir um sustento melhor para a minha família”, concluiu o agricultor.


Passo a passo

Para ter acesso ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), o agricultor necessita apresentar os documentos pessoais e o polígono, documento onde consta as medições do terreno.

Caso não consiga um profissional para fazer o processo, o Idam concede um responsável para ir até o local e realizar o procedimento.

O interessado em obter o CAR pode também acessar o site do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar) e realizar o cadastro.


0 comentário