Na Hora | Ambulância atropela mototaxista parado, no Novo Manacá, em Manacapuru

Moradores gravaram vídeos indignados com a situação e reclamam da forma que os motoristas conduzem as ambulâncias em Manacapuru.


#nahora


Um acidente de trânsito no inicio da tarde desta quarta-feira (24), envolvendo uma ambulância do Hospital de Manacapuru e um mototaxista, causou reclamação dos moradores do Bairro Novo Manacá.


De acordo com informações de testemunhas, o mototaxista estava parado em uma esquina do bairro, ao lado do Supermercado Novo Manacá, quando foi atingido em cheio pela ambulância, o homem ficou ferido e precisou ser socorrido. Moradores do local se revoltaram e gravaram vídeo para relatar o fato, e reclamar da forma em que o veículo era conduzido. (veja vídeo)



A própria ambulância que causou o acidente, fez o resgate da vítima para o Hospital de Lázaro Reis. Até o fechamento da reportagem, nós não conseguimos informações sobre a identidade do mototaxista, em relação ao estado de saúde, o mesmo deu entrada na Unidade Hospitalar, apresentando suspeita de fratura na perna e nesse momento está sendo atendido pela equipe o HGM de Manacapuru.



Reclamações recorrentes

Não é de hoje, que nossa equipe recebe reclamações sobre o motorista de uma das ambulâncias de Manacapuru, segundo informações recebidas, tem um condutor, que mesmo sem pacientes ou equipe de resgate, trafega em alta velocidade pelas ruas, e ainda liga a sirene da ambulância, mesmo que o veículo não esteja em missão de resgate.


"Sempre passa aqui em frente de casa, chutado, e com a sirene ligada, e quando a gente olha, o motorista está sozinho, sem paciente, ou sequer com os profissionais de resgate, além, de causar pânico, tem o risco de causar acidente, e nós já observamos é sempre o mesmo motorista que faz isso, é um rapaz claro, meio forte".

Reclamou uma moradora do Bairro da Liberdade





0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo