Mulher e filha são apontadas como mandantes da morte de Sula, um dos assassinos também foi preso

Segundo a Polícia Civil, o crime teve como motivação, dinheiro, herança, e seguro de alto valor. Crime foi premeditado, e a filha da vítima deixou a porta aberta facilitando a entrada dos criminosos.


#nahora


Policiais Civis da Delegacia de Homicídios e Sequestros (DHES), realizaram a prisão de Rosângela Monteiro (35) e de um homem identificado como Douglas Victor Vargas Costas (19), suspeitos de participação na morte do peixeiro Adinaldo Farias de Sousa (44), conhecido entre amigos e clientes como Sula.


O crime ocorreu na madrugada de 22 de fevereiro, quando três homens invadiram a casa onde a família morava, na rua Peixe Cavalo, na comunidade União da Vitória, Bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, supostamente em roubar de dinheiro.


Segundo a polícia, Sula teria entrado em luta corporal com um dos criminosos, identificado como Sandro Marques de Campos (25), que findou sendo esfaqueado, e morreu no local. Foi quando, o peixeiro levou uma facada no pescoço, golpe desferido por outro criminoso.


Após o crime, a dupla fugiu, levando cerca de 7 mil reais da residência. Sula, chegou a ser socorrido e encaminhado para o HPS 28 de agosto, porém, não resistiu.


Desde as primeiras horas após o crime, a policia começou o trabalho de investigação, que resultou primeiro na apreensão da filha do casal, uma adolescente, de 17 anos, que confessou ter armado a morte do próprio pai, e alegou que motivação seria porque era maltratada pelo genitor.


Durante o processo de investigação, a polícia descobriu que a motivação do crime, na verdade, foi um suposto interesse por herança, dinheiro e um seguro que o peixeiro mantinha. Foi descoberto ainda, a participação de Rosângela, mulher da vítima, no crime.


Segundo a polícia, o crime foi tramado por mãe e filha, que contrataram para executar o crime, um homem, que a adolescente conheceu pela internet. Na noite da morte, a filha de Sula, deixou a porta aberta, facilitando a entrada dos criminosos. Ainda de acordo com a DHES, a mulher de Sula, a Rosângela, atrasou o socorro da vítima.


Por esse motivo, a DHES, pediu da Justiça a prisão da mulher de Sula, e após qualificação de todos os envolvidos, o mandado de prisão foi cumprido. Na tarde desta terça-feira (02), Rosângela e Douglas foram capturados e levados para a sede da Delegacia de Homicídios e Sequestros (DHES). E na tarde desta quarta-feira (03), tanto a dupla quanto a adolescente, serão apresentados em audiência de custódia, onde a justiça vai decidir sobre a manutenção da prisão dos envolvidos nesse crime.







0 comentário