Mulher acusada de tentativa de homicídio contra o padrasto, é presa pela Polícia Civil de Manacapuru

Crime ocorreu em 2015, durante as comemorações do Reveillon, houve uma discussão, entre a enteada e padrasto, motivada por uma bebedeira.


#nahora


A Delegacia de Polícia Civil de Manacapuru, sob o comando da Delegada Roberta Merly, deu cumprimento ao um mandado de prisão, expedido pela Justiça, em 2020. O crime, uma tentativa de homicídio, cometido por Klaynnick de Souza Frazão (29), contra seu então padrasto, Antônio Ferreira Martins (36), o Tonhão, fato que ocorreu no ano de 2015.


"Esse crime ocorreu no dia 1 de janeiro, na madrugada durante as comemorações da virada do ano, quando por volta das 3h da manhã, a acusada e o padrasto se desentenderam por conta de bebida alcoólica, ele teria dado uns tapas nela, que revoltada pegou uma faca e desferiu vários golpes contra o padrasto, ele ficou muito mal, mas conseguiu sobreviver". Relatou Merly

Durante todo o processo investigatório e processual, a então suspeita, não compareceu a nenhum procedimento, mesmo sendo intimada pela justiça, foi quando o Ministério Público resolveu representar o pedido de prisão contra Klaynnick.


"Todo inquérito policial foi fechado, e encaminhado para a Justiça, ela não respondeu nem as intimações da policia, nem da justiça e o processo seguiu o transmites, resultando nesse pedido do Ministério Público em favor da prisão da acusada, a Justiça então, expediu esse mandado, a qual demos cumprimento no dia de hoje". Ressaltou Merly.

Continua após a publicidade


Klaynnick, foi presa na própria casa, no Bairro de Correnteza, e foi conduzida para a Delegacia de Manacapuru, onde será apresentada a Justiça, para que possa cumprir pelo crime que cometeu.




0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo