MPU | Polícia Militar da reserva que atua como taxista foi preso por descumprir medidas protetivas

Mesmo após determinação judicial, o homem, de 61 anos, invadiu a casa da ex-companheira e sob ameaça, a expulsou da residência com as duas filhas.


#nahora


A Polícia Civil de Manacapuru, sob a coordenação da Delegada Roberta Merly, cumpriu mandado de prisão do taxista é policial militar da reserva Natalino da Silva Colares (61), fato que ocorreu nesta quinta-feira (15), por volta de 12h, por descumprimento de medidas Protetivas.



“A vítima, ex-companheira do acusado, 39 anos, tinha uma medida protetiva em seu favor, e mesmo o autor tendo ciência da medida em 15/9/2020. No dia 03/4/2021, a vítima informou que o ex-companheiro invadiu sua residência e a expulsou de casa junto com suas filhas, dizendo que a casa era dele. Narrou também que durante a convivência que durou 9 anos sempre foi vítima de violência doméstica mas nunca o denunciou”. Explicou Merly, Delegada da DEP de Manacapuru.

Ainda segundo Merly, no momento da prisão, ele ainda tentou resistir, inclusive se apresentando como policial militar, mas ele findou preso e levado para a Delegacia de Manacapuru onde será apresentado à justiça

0 comentário