top of page

Mototaxista que estava desaparecida em Manacapuru é encontrada morta nas proximidades do Miriti

O corpo da jovem apresenta sinais e perfuração, supostamente de faca, a motocicleta da vítima não foi encontrada.



O corpo da mototaxista Kellen Cristina Dantas da Silva (28), que eu estava desaparecida desde a manhã da última quarta-feira (02), quando saiu de casa para trabalhar e não mais retornou, foi encontrado por volta das 17h desta quinta-feira (03), em um ramal conhecido como Ramal do Rali, que fica nas imediações do Balneário do Miriti, próximo à sede do IFAM.



De acordo com os policiais militares que atenderam a ocorrência, o cadáver apresenta sinais de facadas na região da cabeça, pescoço e pelo corpo. As suspeitas são de latrocínio, já que a moto da vítima não foi encontrada.



Segundo a PM, eles foram acionados por dois homens que viam de Manaus e resolveram entrar no ramal para urinar quando se depararam com a vítima de bruços com sangramento na altura da cabeça, após ser acionada, o grupamento do GTAM do 9ºBPM, isolaram a área e acionaram a Polícia Civil para fazer o resgate do corpo.

Publicidade


Os trabalhos de investigação ja foram iniciados, na busca de tentar elucidar o crime e prender os envolvidos.


O Desaparecimento

Uma nota divulgada ainda na quarta-feira(02), pela Polícia Civil do Amazonas pedia apoio da população para encontrar a mototaxista desaparecida (Leia na íntegra)


PC-AM solicita apoio na divulgação da imagem de mulher que desapareceu em Manacapuru


Kellen Cristina Dantas da Silva, 28, saiu para trabalhar e não retornou


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), solicita a colaboração da população na divulgação da imagem de Kellen Cristina Dantas da Silva, de 28 anos, que está desaparecida desde quarta-feira (02/02), quando saiu, por volta das 9h30, da casa onde mora, na avenida Ribeiro Júnior, bairro Centro, município de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), para ir ao trabalho.


De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) daquele município, Francisca das Chagas Dantas da Silva, 51, mãe da desaparecida, informou que, na data e horário mencionados, Kellen saiu de sua residência com destino ao seu local de trabalho e não retornou para casa desde então.


A delegada Catarina Torres, titular da Deops, solicita a quem tiver informações sobre a localização de Kellen deve entrar em contato com a Deops, por meio do número (92) 3214-2269, ou pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).


A Deops está situada nas dependências do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na avenida Professor Nilton Lins, conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, zona centro-sul da cidade.

0 comentário

Comments


bottom of page