Maternidade Balbina Mestrinho ganhará núcleo voltado à segurança dos servidores

Espaço será inaugurado no próximo mês de junho


#nahora


A partir do mês de junho, a Maternidade Estadual Balbina Mestrinho, na zona centro-sul de Manaus, ganhará um núcleo de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), que visa garantir a integridade física do trabalhador no ambiente ocupacional. Em 61 anos, é a primeira vez que o hospital, vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), recebe um espaço nesse segmento.



Com investimento de R$ 80,8 mil, as obras do SESMT foram iniciadas há aproximadamente três semanas. Além do núcleo, a maternidade ganhará também um miniauditório, com capacidade para cerca de 40 pessoas.


O titular da SES-AM, Anoar Samad, destaca a importância do investimento para a saúde dos trabalhadores da unidade, que passam a contar com o serviço pela primeira vez.



“A determinação do governador Wilson Lima é garantir a segurança dos profissionais de saúde, que tanto cuidam da população, mas também precisam de atenção especial em relação à própria saúde e condições de trabalho. Com esse novo espaço na Maternidade Balbina Mestrinho, será possível identificar e controlar possíveis riscos ocupacionais na unidade”, afirmou Anoar.



Segundo o gerente administrativo financeiro Isaac Neumann, o SESMT atuará, em conjunto com os 822 servidores do hospital, minimizando ao máximo o risco de acidentes dentro da maternidade.


“É um serviço essencial. A partir do momento em que se trata da saúde ocupacional do trabalhador, a gente diminui uma diversidade de danos, sejam eles psicológicos, sejam eles físicos. Então, o servidor vai ter muito mais saúde, vai estar muito mais saudável, vai ter muito mais apoio e vai ter muito mais suporte. Tudo que melhora a saúde do servidor melhora a qualidade de atendimento da maternidade, logo, o usuário também é beneficiado com tudo isso”, destacou Isaac.



O núcleo do SESMT na Maternidade Estadual Balbina Mestrinho contará com uma equipe formada por um médico do trabalho, um engenheiro de segurança do trabalho e três técnicos de segurança do trabalho.


Outras unidades – O SESMT já é realidade em outras quatro unidades de saúde do Governo do Estado. São elas: Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) e Hospital Francisca Mendes.

0 comentário