Marido da Avó | Idoso foi preso por abusar sexualmente de duas crianças, netas da companheira em MPU

Os abusos aconteciam dentro da casa da avó, quando as crianças vinha de Manaus passar as férias.


#nahora


Manacapuru - AM: Um homem de 62 anos foi preso na tarde desta quinta-feira (17), suspeito de estupro de vulnerável. Segundo denúncia da mãe de uma das vítimas, confirmadas após investigação da Delegacia Especializada de Manacapuru, o aposentado cometeu atos libidinoso com sua filha de 11 anos e com a prima dela de 9 anos.



De acorro com o relatado pela mãe, as crianças que moram em Manaus, vinham passar dias na casa da avó em Manacapuru, era o momento em que o idoso aproveitava para cometer os abusos.

"A casa é de dois andares, ele aproveitava quando as meninas estavam brincando lá em cima e ir pra lá. segundo minha filha ele chegou a tocar nela e se masturbo na frente dela, já com a prima de 9 anos, ele ficava perguntando coisas do tipo você já tem pelos, essas coisas. Eu percebi minha filha triste e quando eu falava em ir pra Manacapuru, ela não queria mais ir, foi quando desconfiei que tinha algo errado e perguntei dele e ela me relatou", contou a mãe da menina de 11 anos.

Publicidade



Após o relato da filha a mãe foi até a delegacia e registrou a ocorrência, as crianças foram ouvidas per psicólogos da Rede de Proteção à Crianças e Adolescentes, e também foi ouvida na delegacia e confirmou os detalhes de como os abusos ocorriam. Foi então solicitada da Justiça o mandado de prisão preventiva contra o idoso, que foi cumprindo nesta quinta-feira.


"Quem praticava os abusos era o companheiro dessa avó, após a denúncia, nós seguimos com os procedimentos de investigação, com o acompanhamento das vítimas, e após comprovado, solicitamos da Justiça o mandado de prisão contra esse idoso. Contra a menina de onze anos, ele praticou os atos libidinosos, ele chegou a se masturbar na frente da criança, ofereceu dinheiro para ela, chegou a dar dinheiro para ela, então, contra essa criança, ele vai responder por estupro de vulnerável, exploração sexual infantil, satisfação de lascívia na presença de criança, com relação a criança de nove anos, ele não chegou a praticar nenhum desses atos, segundo a criança, ele ficava perguntando se ela já tinha pelinhos, se referindo aos pelos pubianos das partes íntimas, então com relação a essa vítima ele vai responder pelo crime de assédio sexual". Destacou a Delegada Roberta Merly.
0 comentário