Manacapuru ganhará uma das usinas para produção de Oxigênio doadas ao AM pelo Hospital Sírio Libanês

Usinas serão entregues ao Governo do Amazonas nesta quarta-feira (20).


#nahora


O fim do sofrimento pela busca de Oxigênio está próximo, pelo menos essa é a expectativa de Manacapuru, Lábrea, Tabatinga e Carauari, além de Manaus, que receberão usinas para produção de oxigênio líquido, que foram doadas ao Amazonas pelo Hospital Sírio Libanês, de São Paulo.



As unidades que serão entregues ao Governo do Amazonas, nesta quarta-feira (20), serão encaminhadas para os municípios do interior e deve acabar com a angustiante saga por oxigênio no posto de distribuição e abastecimento do Estado.


Atualmente, devido ao alto índice de internações Manacapuru tem consumido em média 150 cilindros de O2, a demanda tem forçado ao município uma atenção dobrada em busca de manter o abastecimento do Hospital de Campanha.


A usina, tem capacidade para produzir por hora 26m³ de oxigênio medicinal. Estas semana, o Ministério da Saúde já havia encaminhado ao Amazonas, outras sete usinas de produção independente que estarão em funcionamento em Manaus nas unidade de atendimento de média e alta complexidade. Cada usina terá a capacidade de produzir entre 13 a 22 metros cúbicos por hora e estão sendo instaladas no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na zona Norte de Manaus, unidade de referência no tratamento da Covid-19.

0 comentário