Manacapuru | Dupla é presa com arma de fogo e simulacros, um dos homens era foragido da Justiça

Policiais civis da Delegacia de Manacapuru prenderam dois homens em posse de uma arma de fogo e duas armas falsas (simulacros), no Bairro de São José, em Manacapuru.


#nahora


A Delegacia de Polícia Civil de Manacapuru, recebeu uma denúncia, que informava que homens estavam armados prontos para cometer crimes na cidade, e que ele se escondiam em uma residência do Bairro de São José. Após as informações colhidas, uma equipe de investigadores foi até ao local informado, encontrou dois homens, identificados como Adrino Souza da Silva (21) e Helionne Fernandes Costa (33), e na residência, os policiais encontraram uma arma de fogo, revolver calibre 38 com seis munições intactas, além de duas armas falsas (simulacros), do tipo pistola.



Nessa ocorrência o local já é um local bastante conhecido por nós da Polícia Civil de Manacapuru e também pela Polícia Militar, pela ocasião o proprietário da residência, inclusive já possuir, pelo dois mandados de prisão preventiva em aberto, além do mandado de busca apreensão, então, recebemos informações que no local teriam algumas pessoas em posse de arma de fogo, de imediato formei uma equipe de policiais civis e ao chegarmos na residência, os criminosos e tentaram empreender fuga, mas a casa já estava totalmente cercada e nas buscas na cozinha, local onde eles estavam, conseguindo encontrar uma arma calibre 38, além de seis munições do mesmo calibre e ainda dois simulacro de arma de fogo. Destacou Torres


Ainda e acordo com a Polícia Civil, os homens foram conduzidos para a Delegacia de Manacapuru, e durante o processo de qualificação, os policiais descobriram que um dos presos, era um foragido da Justiça, trata-se de Helionne Fernandes Costa (33), que possui condenação por tráfico de drogas em Manaus.


Na delegacia, realizamos consulta e descobrimos que um desses criminosos já tinha sentença penal condenatória pela prática do crime de tráfico de drogas em Manaus e conseguiu uma pena de 17 anos e cinco meses para iniciar o regime fechado, sentença essa já transitado em julgado, pelo qual ele também estava com mandado de prisão em aberto, então, além do flagrante esse daí, também foi colocado aí atrás das grades cumprimento do mandado de prisão, agora ambos estão também a disposição do Poder Judiciário.

Publicidade








0 comentário