Manacapuru | Adolescente de 16 anos é agredida brutalmente durante tentativa de estupro

Rosto da menina ficou desfigurado, ela precisou ser transferida para Manaus, devido as gravidades dos ferimentos.


#nahora


A Polícia Civil de Manacapuru, está a procura de um maníaco que atacou uma adolescente de 16 anos, na tentativa de estupra-la. A adolescente voltava sozinha de uma festa quando foi abordada por um homem, ainda não identificado, que arrastou ela para uma área de mata e tentou a todo custo cometer o estupro.



Para tentar se desvencilhar do homem, a adolescente começou a se debater, foi quando recebeu as agressões de forma cruel. A menina, chegou a desmaiar durante as agressões, e quando acordou, ainda atordoada correu em direção a sua casa, mas findou por cair desacordada em via pública, foi quando um vizinho, a viu naquela situação e a socorreu, encaminhando a adolescente para o Hospital de Manacapuru, a menina, ainda que com dificuldades de falar, relatou o fato.


Os exames de conjunção carnal não confirmaram o estupro, porém, devido as gravidades dos ferimentos no rosto, no corpo e na cabeça, a adolescente precisou ser transferida para Manaus, com suspeita de traumatismo craniano.



Após dar entrada na Unidade Hospitalar, o Conselho Tutelar foi acionado, para que as providências criminais fossem encaminhadas.


"Nós fomos informados sobre o caso, e nos deslocamos até ao hospital para acompanhar o atendimento dessa adolescente, posteriormente, orientamos a família a realizar o registro da ocorrência na delegacia, e vamos noticiar o Ministério Público, a adolescente ficou gravemente ferida, foi agredida de forma cruel, apesar de não ter sido pratica o ato sexual, mas o estupro não foi descartado, agora, o caso já está nas mãos da Polícia Civil que está investigando para tentar prender esse criminoso". Destacou Milca Ruiz, conselheira tutelar.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Manacapuru, e a Polícia Civil aguarda melhoras nas condições de saúde da adolescente para ela ser ouvida para tentar buscar o máximo de informações sobre o autor desse crime.



0 comentário