Júnior Trindade foi esfaqueado no próprio local de trabalho no Riachuelo, por vigilante particular

Homem que trabalha como vigilante particular da Praça de Alimentação do Riachuello, é o principal suspeito de ter desferido as facadas.


#nahora


A tentativa de homicídio foi registrada na noite desta terça-feira (29), na Praça de Alimentação do Riachuello, a vítima identificada como Júnior Trindade (36). De acordo com informações preliminares, o suspeito de ter cometido o crime é um vigilante particular, conhecido como Max Pitt Bull, que trabalha resguardando as lanchonetes da praça, localizada no Centro de Manacapuru.



De acordo com testemunhas, Max chegou no local cobrando o dinheiro do serviço prestado, como o dono da lanchonete não estava ele teria discutido com um funcionário do estabelecimento, e no momento em que o Júnior chegou ao local, os dois homens discutiram e entraram em luta corporal, foi então, que o suspeito foi até ao banheiro da praça, pegou uma faca, voltou até a lanchonete e desferiu pelo menos dois golpes na altura do abdômen da vítima.



Após cometer o crime, o suspeito fugiu do local e ainda não foi localizado. Júnior foi socorrido e levado para o Hospital de Manacapuru, onde passou por procedimento cirúrgico para estabilizar a hemorragia e drenar o sangue coagulado no abidômen, e após ter seu estado clínico estabilizado, o mesmo foi transferido para o Hospital 28 de Agosto em Manaus. O estado de saúde a vítima é estável, porém, apresenta gravidade.


O caso foi registrado na Delegacia de Manacapuru, e a Polícia Civil investiga o crime para tentar chegar ao paradeiro do suspeito.





0 comentário