Irmão Lázaro, cantor e vereador, morre na Bahia vítima da Covid-19.

Ele estava internado há quase um mês em um hospital de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador


#nahora


A informação da morte foi confirmada pela assessoria do vereador e cantor gospel Irmão Lázaro (PL), que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde 25 de fevereiro.



No boletim médico divulgado ainda na noite de sexta-feira indicava o quadro muito delicado do vereador.

O boletim dizia que ele não tinha apresentado nenhuma intercorrência, permanecia estável, mas o quadro era muito delicado, e logo em seguida, veio a confirmação do óbito.

Segundo a família, Irmão Lázaro foi diagnosticado com a Covid-19 no dia 15 de fevereiro e desde então fazia o tratamento em casa. No entanto, no dia 22 de fevereiro, ele sentiu desconforto, febre e procurou o médico. Ao chegar no hospital, foi comprovado que ele estava com metade dos pulmões comprometidos e ele ficou internado em um leito clínico. Três dias depois, ele precisou ser transferido para UTI.

Nas redes sociais, a filha do vereador, Marta Silva, fez uma postagem de despedida.


"Hoje a pessoa mais importante da minha vida se foi, o homem que eu mais amei e continuarei amando o resto da vida!! O cara mais honesto e bondoso que já conheci, que me ensinou a amar a Deus acima de todas as coisas e que me amou como ninguém nunca amou!! O meu maior alívio é saber que ele tá ao lado de Deus e que o céu está em festa nesse momento. Ele foi o meu maior exemplo de fé, meu melhor amigo, meu pastor, meu confidente, meu cantor favorito kkk ELE ERA MEU TUDO e agr meu tudo se foi! PAI, fica juntinho de Deus ai que já já estaremos juntos, eu te amo mais do posso expressar e imaginar!"


0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo