top of page

Instituições sociais comemoram doação de alimentos do Governo do Amazonas adquiridos da agricultura

Ação garantirá comida de qualidade para 10 mil famílias amazonenses neste final de ano


 

Famílias amazonenses atendidas por 16 entidades sociais foram beneficiadas com a doação de 80 toneladas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), que compra alimentos produzidos pela agricultura familiar e destina gratuitamente a pessoas sem acesso à alimentação saudável. A entrega foi realizada pelo governador Wilson Lima, na quarta-feira (20/12), na sede do órgão.


 

O secretário da Sepror, Daniel Borges, afirmou que a aquisição dos alimentos é uma importante ação de garantia de renda para os produtores rurais, ao mesmo tempo em que beneficia pessoas em situação de vulnerabilidade.

 

“O governo estende a mão para essas pessoas que precisam e a gente acaba, também, garantindo a compra desse produtor, para que ele tenha uma melhor renda, até porque os produtos têm um preço diferenciado. Aqueles que são oriundos da agricultura orgânica têm 30% a mais do que é praticado no mercado de Manaus e, no final, a gente também ajuda aquelas pessoas que estão precisando”, explicou o secretário.

 

O Instituto Segunda Chance, localizado na zona leste de Manaus, que atende 300 famílias em situação de vulnerabilidade social, foi contemplado com dois mil quilos de alimentos. A presidente da instituição, Marluce Perdigão, afirma que a doação será fundamental neste período de fim de ano.

 

“Vamos receber dois mil quilos de alimento para atender 300 famílias. Isso nos deixa muito feliz, porque nós sabemos que, perto do Natal, nós vamos conseguir atender por meio do Governo do Amazonas essas famílias que estão desempregadas”, comentou a presidente.

 

Entre os alimentos, estão frutas e verduras fornecidas por 68 produtores rurais de Itacoatiara, Manaus, Iranduba, Careiro da Várzea e Manacapuru, contemplados no PAA com o pagamento total de R$ 346,8 mil.

 

Uma parte dos alimentos foi adquirida por meio da associação Renascer, no Careiro da Várzea, onde moram 36 famílias que vivem da agricultura familiar. O presidente da associação, Jorge Santos, enfatiza que a aquisição por meio do PAA foi fundamental para que os produtores conseguissem escoar os alimentos.

 

“É um programa muito importante porque tivemos estiagem, não pudemos vender nossa produção, não tivemos muita saída. Esse programa traz renda para o agricultor agora do final do ano. Os agricultores da minha associação estão todos felizes e já receberam da primeira entrega e já estamos fazendo outra entrega agora”, afirmou Jorge.

 

Em 2023, foram adquiridos alimentos em 45 municípios do Amazonas, com o investimento total de quase R$ 3,2 milhões na compra da produção de 471 agricultores, totalizando 781 toneladas de itens adquiridos.

 

O investimento faz parte do edital PAA 2023/2024, no valor de R$ 8,5 milhões para compra de produtos oriundos da agricultura familiar no estado. A estimativa é atender mais de 1,1 mil produtores rurais e 153 entidades socioassistenciais, beneficiando cerca de 120 mil pessoas em 56 municípios.

0 comentário

Commenti


bottom of page