Homem de Manacapuru foi assassinado em Borba e tem corpo ocultado

Suspeito é sobrinho da companheira com quem tinham uma rixa antiga, ele foi preso não se nega dizer onde está o corpo.


#nahora

Por Érisson Araújo


Um pescador identificado como Bismarck Costa Pereira (32), que é de Manacapuru, mas atualmente estava morando em Borba, foi assassinado em uma comunidade do Lago do Tucunaré, zona rural do município.



O caso segue sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil, que prendeu um suspeito que é sobrinho da mulher da vítima, ele que não teve a identidade revelada, confessou o crime, mas se negou a dizer para a polícia o local onde ocultou o corpo do pescador.

Nossa equipe conversou Railson Costa que é irmão da vítima que ressaltou o desejo da família de ter a oportunidade de dar um enterro digno ao pescador.



“Nós queremos que a policia descubra onde ele deixou o corpo do meu irmão, porque ele conta várias versões, primeiro disse que jogou no lago, depois falou que estava no meio da mata mas no local que ele disse a polícia não encontrou nada, ele tem que dizer a verdade”. Disse o irmão

Ainda de acordo com Railson, familiares se deslocaram de Manacapuru para o município de

Borba para acompanhar as buscas. Nas redes sociais amigos e familiares e manifestaram.


“Quero fazer um apelo.
Um Meliante (Assassino) matou meu irmão (Vitima) no interior de Borba, e jogou o corpo não sei a onde, o meliante está enrolando os Policias, falando que deixo o corpo em um lugar e depois fala que deixou em outro lugar. Meu irmão (Vitima) é apenas um pescador.” Destacou em um post.

Em outra publicação um amigo disse.


“Eu conhecia esse jovem, era uma pessoa batalhadora, lamentável o que fizeram com ele, nós pedimos que justiça seja feita, ninguém pode tirar a vida de outra pessoa assim”. Comentou.

O caso segue sendo investigado pela 74ª Delegacia Interativa de Polícia de Borba.

0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo