top of page

Governo do Amazonas promove ‘Dia D’ de cultura de paz nas unidades de ensino do estado

A ação integrada acontece em todo o estado com ações educativas e reforço no policiamento


 

O Governo do Amazonas deu início, na manhã desta quinta-feira (20/04), ao ‘Dia D’ de cultura de paz nas unidades de ensino do estado. A ação é uma determinação do governador Wilson Lima e contempla ações educativas e reforço no policiamento em mais de 400 escolas da capital e interior.

O ‘Dia D’ foi desenvolvido pelo Comitê Interinstitucional de Proteção, Monitoramento, Guarda e Segurança Escolar e do Núcleo de Inteligência e Segurança Escolar (Nise). Um total de 34 mil servidores da educação e mais de 2 mil homens das forças de segurança estão nas ruas para a promoção da paz nas unidades de ensino.

 

A programação envolve um trabalho psicossocial com palestras de combate ao bullying, acolhimento de famílias e adolescentes e encaminhamento para unidades de saúde, realizado por profissionais da Educação, Polícias Civil e Militar, Secretária de Segurança Pública e Assistência Social.

 

A ação é realizada com a participação de diversas secretarias do estado, entre elas, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto, de Governo (Segov) e de Segurança Pública (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai); Polícias Militar (PMAM) e Civil (PC-AM), Detran-AM e Corpo de Bombeiros (CBMAM). Também participam da força-tarefa a Casa Civil, Casa Militar e Secretarias de Estado de Assistência Social (Seas), Justiça e Direitos Humanos (Sejusc), Saúde (SES-AM) e de Comunicação (Secom), além da Procuradoria Geral do Estado (PGE).  A Secretaria Municipal de Educação (Semed) também participa da ação.

 

Nise

 

O Núcleo de Inteligência e Segurança Escolar (Nise) tem como objetivo adotar medidas de segurança para inibir ataques e crimes de ameaça, racismo, bullying, ciberbullying, uso abusivo de drogas, tráfico de entorpecentes e quaisquer outras ações que se configurem em transgressões no interior das escolas contra estudantes, profissionais da educação ou mesmo contra a estrutura das unidades da rede estadual de ensino.

 

Mais informações serão repassadas em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira.

0 comentário

Comments


bottom of page