Governo do Amazonas oferece 780 vagas para cursos de qualificação, em parceria com Uninorte

Inscrições podem ser feitas de hoje (14/02) a quinta-feira (17/02), no Portal do Trabalhador

#nahora


O Governo do Amazonas lança, nesta segunda-feira (07/02), edital com 780 vagas para cursos de qualificação em modalidade presencial. Os cursos são oferecidos por meio da Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), que gerencia o Sistema Nacional de Empregos no Amazonas (Sine/AM), em parceria com o Centro Universitário do Norte (Uninorte).


As inscrições começam nesta segunda (14/02) e terminam na quinta-feira (17/02). Os cursos são destinados a jovens com idade mínima de 16 anos, e que estejam em busca do primeiro emprego e trabalhadores que visam uma vaga no mercado de trabalho. A realização da inscrição não garante ao candidato a participação no curso escolhido, pois haverá um processo seletivo, conforme o edital.

Os interessados nos cursos ofertados pela Setemp devem acessar o Portal do Trabalhador (www.portaldotrabalhador.am.gov.br), e preencher o formulário disponível para fazer a inscrição no processo seletivo. É importante que os candidatos leiam o edital, para que não haja qualquer dúvida sobre os cursos. O candidato poderá se inscrever em mais de um curso ofertado neste processo seletivo.

Entre os cursos oferecidos estão: Excel Básico, Estatística Básica, Cálculo de Consumo de Energia Elétrica, Metrologia, Gestão de Processos, Direitos e Deveres do Cipeiro.

A relação dos candidatos estará disponível na sexta-feira (18/02), no Portal do Trabalhador, e os selecionados deverão comparecer no dia do curso com seus documentos de identificação (RG, carteira de trabalho, CNH, passaporte) para efetivar a matrícula no curso em que foram contemplados.

*Qualificação* – A Setemp assinala que, entre os meses de janeiro e fevereiro, já foram ofertadas mais de 2 mil vagas em cursos de qualificação em parceria com as universidades Uninorte e Fametro. No decorrer do ano, a estimativa é disponibilizar mais cursos de qualificação para a população.

0 comentário