top of page

Governo do Amazonas estreia nova temporada do Carrossel da Saudade e entusiasma admiradores

“... promove a qualidade de vida, diversão e faz um bem danado à saúde. Estão todos de parabéns”, afirmou Luiz França, de 62 anos


 

Entretenimento, promoção da saúde, qualidade de vida e ‘um bem danado’ para seus admiradores marcam a abertura da nova temporada do programa Carrossel da Saudade, no Centro de Convivência do Idoso (Ceci) Aparecida. O retorno das apresentações do tradicional musical amazonense aconteceu na sexta-feira (12/05), por meio da parceria entre a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), TV Encontro das Águas, além de técnicos do órgão e representantes da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

A titular da Seas, Kely Patricia, exaltou a iniciativa e destacou a importância do programa na promoção de saúde e qualidade de vida dos idosos que frequentam o Ceci. O local tem uma rotatividade semanal de 1.200 idosos.

 

“O Carrossel da Saudade sempre foi uma referência para aqueles que gostam de bolero e MPB, que são estilos musicais queridos pelo público que frequenta o Ceci Aparecida. O Carrossel vai somar à proposta do trabalho do Ceci, que é propiciar qualidade de vida e, também, cultura para esse público. Essa iniciativa é gratificante porque a melhora e transforma a vida das pessoas”, disse.

 

Frequentador assíduo do Ceci Aparecida, Luiz França, de 62 anos, considera a retomada do programa como louvável. “É algo que promove a qualidade de vida, diversão e faz um bem danado à saúde. Acho uma iniciativa de fato louvável. Estão todos de parabéns”, afirmou.

 

Há 44 anos, o Carrossel sempre foi um ponto de encontro das pessoas que gostam de dançar ao som de um bolero ou da música popular. Conforme informações da TV Encontro das Águas, o programa revive os momentos da Música Popular Brasileira, cujo objetivo original, no final dos anos 70, era resgatar as modinhas que faziam sucesso nas rádios, interpretadas por cantores locais. O programa já contou com a participação de artistas consagrados como Nelson Gonçalves, Altemar Dutra, Vanusa e Sidney Magal.

 

Para a aposentada Ana Gama, 77, que frequenta o Ceci Aparecida há 12 anos, o Carrossel da Saudade era o que faltava para completar as atividades. “Faço academia e participo de grupos de convivência aqui há 12 anos. O Carrossel era exatamente o que faltava! Todos nós estamos gratos e animados com o programa”, declarou.

 

Os demais programas vão acontecer mensalmente, na sexta-feira, até dezembro, com transmissão ao vivo a partir das 20h30 pela TV Encontro das Águas (Canal 2). O Carrossel da Saudade sempre foi um espaço para os artistas locais nas mais de quatro décadas de existência.

0 comentário

Comments


bottom of page