Governo do Amazonas entrega maquinários agrícolas para produtores rurais de Manacapuru

200 famílias do Arapapá foram beneficiadas com os maquinários que irão auxiliar na produçã agrícola das comunidades São Francisco e São Raimundo.


#nahora


Foram beneficiadas, na terça-feira (23/03), mais de 200 famílias de agricultores das comunidades São Francisco e São Raimundo, situadas no ramal do Arapapá, em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), que receberam motocultivadores, que irão contribuir com os processos de mecanização e escoamento da produção rural. Além do maquinário, o Governo do Amazonas também entregou o ‘Kit Agricultura Familiar’, composto por 10 tipos diferentes de sementes, entre cereais, hortaliças e frutas.


A ação é uma resposta rápida às reivindicações apresentadas pelas lideranças locais em reunião, realizada no dia 11 de março, com o Governo do Estado, por meio da Unidade Integrada de Articulação às Comunidades (UIAC), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (IDAM) e Secretaria de Produção Rural (Sepror).


“As máquinas e os insumos deixados nestas comunidades visam a melhoria da produção agrícola local e estabelece algumas metas a serem realizadas, como mecanização de áreas e aumento e escoamento da produção rural”, explica Robert Falcão, Gerente do IDAM de Manacapuru.

De acordo com a Associação dos Produtores Rurais da Comunidade São Francisco, a produção local envia para Manaus, toda semana, cerca de três toneladas de mamão e a perspectiva deste ano é de dobrar a produção dos frutos. Cada kit da agricultura familiar, entregue pela Sepror, tem potencial para a produção de 2.353 quilos de alimentos.


“Agradecemos ao Governo do Estado pelo respeito para com o homem do campo que, dentro de suas limitações, contribui para que não falte comida na mesa do nosso povo”, ressalta Ednaldo Santos, representante da Associação dos Produtores Rurais da Comunidade São Francisco.

Infraestrutura


Na oportunidade, o coordenador executivo da UIAC, Carlos Alvarenga, conferiu de perto o trajeto que os produtores das duas comunidades realizam para escoar a produção. Os agricultores pedem a abertura de mais sete quilômetros de ramal, para estreitar o percurso entre a comunidade do São Raimundo e a Vila do Jandira, situada em Iranduba, nas proximidades da sede da Cooperativa Mista Agropecuária.


Segundo as lideranças comunitárias, os serviços de infraestrutura, para a abertura do ramal, irão reduzir em até 40 quilômetros o trajeto para escoamento da produção rural.

0 comentário