Governo do Amazonas anuncia CDC da Compensa como novo núcleo do Pelci

Espaço esportivo é o 11° núcleo do projeto coordenado pela Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar)


#nahora

O Governo do Amazonas anunciou nesta segunda-feira (25/04), o CDC da Compensa como novo núcleo do Projeto Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), que oferece 300 vagas de iniciação esportiva nas modalidades de futebol de campo e luta olímpica, para crianças e jovens de 8 a 17 anos.


Lançado pelo governador Wilson Lima, em fevereiro deste ano, o Pelci é coordenado pela Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), e vai funcionar no campo do CDC da Compensa, já revitalizado pela Secretaria de Estado e Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

“O Governo do Amazonas, por meio da Seinfra, revitalizou todo o espaço aqui do CDC da Compensa. E com a parceria da Fundação Amazonas de Alto Rendimento, estamos promovendo o maior projeto socioesportivo da história com a consolidação do Pelci. Nossa bandeira é incentivar o esporte de base, formando novos atletas para o alto rendimento, mas também ajudando na formação de bons cidadãos, pois com as crianças e jovens sendo amparados com ações socioesportivas hoje, certamente garantimos investimento em segurança pública para o amanhã”, disse Jorge Oliveira, diretor-presidente da Faar.

As aulas oferecidas para futebol de campo são ministradas por professores e monitores do Pelci, nas segundas e quartas-feiras, no horário das 17h às 19h, e nas terças e quintas-feiras, em três horários, das 8h às 9h, 9h às 10 e 18h às 19h. Para luta olímpica os dias são terças e quintas-feiras, das 8h às 9h e 9h às 10h.

A moradora Rosalina da Silva matriculou seu filho no Pelci e falou sobre a importância do projeto na vida dos jovens da comunidade.

“A importância de projetos assim é porque tira as crianças das coisas erradas na rua e ajuda no seu crescimento. Isso é muito importante, pois faz com que o jovem não perca tempo com outras coisas e foque em uma modalidade esportiva. Então é necessário para a comunidade que projetos como o Pelci venham para agregar nas nossas vidas”, disse Rosalina da Silva.


Com o CDC da Compensa, o Pelci conta com 11 núcleos na capital amazonense. Já foram lançados os núcleos do Campo do Curió, com atividades de futebol, vôlei e jiu-jitsu; Campo do Buracão, com futebol, Arena Amadeu Teixeira, com a prática de futsal, jiu-jitsu, vôlei, handebol e basquete; Vila Olímpica de Manaus, atletismo; Campo do Prosamin no Santo Agostinho, futebol; Escola Estadual Solon de Lucena, com futsal, basquete e handebol; e o Campo do Passarinho, com futebol e vôlei.

Interior – Recentemente em Tabatinga, o Governo do Amazonas anunciou o primeiro núcleo indígena do Pelci, com mais de 200 crianças e jovens matriculados nas modalidades de futebol, futsal, vôlei, handebol e basquete. O Pelci também está presente em Humaitá e São Gabriel da Cachoeira.

FOTOS: Tácio Melo/Secom

0 comentário