Foragido vai para cadeia por matar parceiro com 27 facadas em Manacapuru

Atualizado: 22 de Jul de 2020

Suspeito que estava foragido desde 2016 quando cometeu o crime que ocorreu após discutir com um amigo em via pública do Bairro da Liberdade, durante a prisão o homem ainda estava em posse de uma arma de fogo de fabricação caseira.


#nahora


Policiais Civis de Manacapuru sob a coordenação do Delegado Rodrigo Torres, foram até o Bairro Deus é Fiel cumprir um mandado de prisão contra Alfremon da Silva Franco (27), que é suspeito de ter assassinado um homem no ano de 2016, na Rua Coronel Madeira, Bairro da Liberdade.


De acordo com informações repassadas da Polícia Civil, o suspeito e a vítima estavam caminhando na via pública quando se desentenderam, foi quando Alfremon pegou uma faca e desferiu 27 golpes contra o homem que morreu na hora. Após as tratavas da processo judicial, o suspeito não compareceu ao fórum e passou a ser considerado foragido.


"Com as informações sobre o mandado de prisão que estava em aberto, nossa equipe atuou para localizar seu paradeiro, ocasião que no inicio da tarde de hoje conseguimos prende-lo no Bairro Deus é Fiel, que apesar de ser na área urbana de Manacapuru é um local de difícil acesso, e com ele apreendemos uma arma de fogo, calibre 28, de fabricação artesanal". Disse o delegado

Ainda segundo Torres, chamou a atenção da polícia a sofisticação da arma que foi apreendida, que apesar de ser confeccionada de forma artesanal tem alto poder de letalidade.


"Essa é a arma aí tem todos os mecanismos necessários para realização de disparo, ela é uma arma muito bem feita e nós já manuseamos ela aqui e não temos dúvidas que facilmente ela realiza disparo com alto poder de letalidade". Disse Torres.

O suspeito e a arma apreendida foram apresentados na Delegacia de Manacapuru e ele agora vai ser apresentado à Justiça.

0 comentário