Em Manacapuru: Machão descumpriu medida protetiva e foi parar no xilindró

Polícia Civil prendeu um homem após ele descumprir medidas protetivas, em Manacapuru


Fonte: PC/AM

Nesta quinta-feira (06/02), por volta das 10h, policiais civis da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, cumpriram mandado de prisão preventiva em nome de um agricultor de 36 anos, por descumprimento de medidas protetivas impostas a ele, em benefício da ex-companheira dele, uma mulher de 31 anos.


De acordo com a delegada Roberta Merly, titular da unidade policial, a vítima relatou que foi agredida pelo ex-companheiro, no dia 30 de novembro de 2019, quando a mesma estava em um bar na comunidade Santa Maria, naquele município (distante 68 quilômetros em linha reta da capital). A agressão aconteceu, mesmo com a existência de uma medida protetiva em benefício dela, que estava em vigor desde 2017.


“O agricultor foi notificado sobre a medida protetiva concedida à mulher, ainda assim, ele agrediu a vítima novamente. Após ela relatar o crime na delegacia, representei pelo pedido de prisão preventiva em nome do infrator. A ordem judicial foi expedida no dia 12 de dezembro de 2019, pela juíza Silvânia Corrêa Ferreira, da Vara de Manacapuru”, disse Merly.

Prisão – Após a expedição da ordem judicial, os policiais civis realizaram diligências para localizar e prender o indivíduo, porém, não conseguiram localizá-lo, resultando em uma notificação para o homem comparecer à delegacia.


“Na manhã de hoje, o homem compareceu à delegacia, sem saber da existência do mandado de prisão, momento em que a ordem judicial foi cumprida”, relatou a titular da DEP de Manacapuru.

Procedimentos – O homem foi indiciado por descumprimento de medidas protetivas. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será mantido na carceragem da delegacia, que funciona como unidade prisional do município.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo