Em Manacapuru, dois pontos sofrem ataques de criminosos em onda orquestrada que afetou Manaus

O CRAS da União e um ônibus estacionado no Imtrans foram depredados e incendiado.


#nahora


Madrugada e domingo de terror, em Manaus e alguns municípios da região Metropolitana, com prédios públicos e ônibus incendiado em ação orquestrada de uma facção criminosa, após a morte de um membro identificado como Dadinho, após troca de tiros com a Rocam.



Em Manacapuru, dois pontos foram atacados por criminosos, o primeiro ponto foi a sede do Centro de Referência da Assistência Social, no Bairro da União, o Cras-União. De acordo com o vigia da unidade, o ataque foi por volta da meia noite e meia, e começou com uma onda de tiros disparados contra o prédio, em seguida, o local teve uma das salas invadida e incendiada. De acordo com o vigilante, ele teve que se esconder em uma das salas enquanto a ação criminosa era realizada, o que não demorou mais de cinco minutos. O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas que danificou totalmente o espaço.



Outro local alvo dos criminosos, foi o estacionamento do Imtrans, localizado na Manoel Urbano, ao lado do quartel do 9º BPM, lá os vândalos, atearam fogo em um microônibus, que ficou parcialmente destruído.



Desde os primeiros momentos após o ataque, uma força tarefa envolvendo policiais civis e militares está nas ruas de Manacapuru tentando identificar os autores da ação criminosa, e ainda no intuito de evitar que outros ataques ocorram.




0 comentário