DENÚNCIA: Taxistas de Manacapuru denunciam que taxista de Manaus estão burlando a fiscalização

O flagra foi feito na barreira montada nas Proximidades do Balneário do Miriti.

#nahora

Por Érisson Araújo

A denúncia feita pelo Sindicato dos Taxistas de Manacapuru, mostra que taxistas de Manaus, estão trafegando normalmente com passageiros pela Rodovia Manoel Urbano, enquanto os profissionais de Manacapuru estão impedidos de trabalhar, foi que denunciou a presidente do sindicato da classe Sônia Maria



"Estamos enfrentaram um momento difícil com nossa atividade parada, mas estamos cumprindo por sabermos da necessidade de se evitar esse tráfego de pessoas para lá e pra cá, tudo bem, mas não é justo que a gente pare e os taxistas de Manaus, motoristas de aplicativos e clandestinos continuem trafegando com passageiros. Esperamos que a fiscalização tenha mais rigor e proíba pra todos", comentou a presidente.

Ainda segundo a presidente, uma equipe do Sindicato está fazendo uma fiscalização para não permitir que nenhum táxi de Manacapuru descumpra a determinação do Decreto do Governo do Estado, publicado no último dia 06, e que durante essa fiscalização foi flagrado que vários taxistas de Manaus continuam realizando o serviço.


Na tarde desta quinta-feira (09), um motorista de 43 anos foi detido e conduzido para a 31ª Delegacia Interativa de Polícia, na cidade de Iranduba (a 39 quilômetros de Manaus), onde foi autuado em flagrante por infração de medida sanitária preventiva. O condutor desrespeitou o Decreto Estadual nº 42.158, que proibiu, por 15 dias, o transporte interestadual e intermunicipal de passageiros no estado por meio de ônibus e micro-ônibus (públicos e privados), vans e similares, táxis e transporte por aplicativo, inclusive os compartilhados e de lotação.


Fiscalização – Desde cedo, agentes do Detran-AM estão atuando em conjunto com fiscais da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) nas barreiras das rodovias estaduais AM-070 (Manaus-Manacapuru) e AM-010 (Manaus-Itacoatiara).

Durante toda a manhã e parte da tarde, os agentes do Neot e BPTran fiscalizaram os veículos particulares para verificar se não estavam realizando o transporte pago de passageiros na modalidade lotação e por aplicativo. Os motociclistas também foram parados.

Na rodovia AM-070, os agentes ainda removeram um veículo modelo Chevrolet Astra de cor preta, com licenciamento vencido desde 2015. O condutor também não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

As ações do Neot e BPtran vão continuar nas rodovias estaduais enquanto vigorarem as medidas sanitárias e de isolamento social para tentar impedir a propagação do novo coronavírus (Covid-19) no Amazonas.

0 comentário