top of page

Defensoria envia equipe para atuar no atendimento a vítimas de deslizamento de terras

Subdefensora geral visitou local do acidente, na comunidade Nova Floresta. DPE-AM também lança campanha de arrecadação de doações



A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) acompanha a situação das famílias atingidas pelo grave deslizamento de terras, ocorrido na noite de domingo (12), na comunidade Nova Floresta, Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus, e que vitimou oito pessoas. A subdefensora geral, Manuela Veiga Antunes, e o subcorregedor da DPE-AM, Inácio Navarro, visitaram o local do acidente na manhã desta segunda-feira (13). Os defensores públicos viram de perto a situação das famílias desabrigadas e a atuação dos órgãos públicos no socorro aos sobreviventes.

“Neste momento tão difícil, a Defensoria se coloca à disposição das famílias para prestar atendimento jurídico. Também vamos oficiar os órgãos envolvidos para saber não apenas as ações de auxílio aos atingidos pela chuva, mas também o que está sendo feito para evitar novas tragédias”, explicou a subdefensora.


Uma das demandas identificadas é a de ajudar com a documentação dos imigrantes que moravam no local do acidente. Segundo a Prefeitura de Manaus, a maioria das mais de 70 famílias cadastradas é de venezuelanos. Uma equipe da DPE-AM também foi enviada à escola municipal Helena Augusta Walcott, para onde estão sendo levados os desabrigados.

Os servidores vão colaborar no atendimento em parceria com a Agência para Refugiados da ONU (Acnur).


SOS MANAUS

Para ajudar as famílias que ficaram desabrigadas por conta da forte chuva que assolou a capital no último domingo, a Defensoria iniciou uma campanha de arrecadação de roupas e calçados. As doações podem ser feitas a partir de hoje, das 8h às 16h, na sede do órgão (recepção), localizada na avenida André Araújo, 679, Aleixo. Neste momento, a prioridade é para a arrecadação de roupas para todas as idades, calçados e kits de higiene.

0 comentário

Comments


bottom of page