De novinho a velhinha, todos foram parar na Delegacia de Manacapuru por envolvimento com o tráfico

Ação da Polícia Civil contra o tráfico doméstico levou 4 pessoas para cadeia, dentre eles uma idosa de 60 anos, e um menor de 14 anos.


#nahora


Em duas ações policiais de combate à bocas de fumo em Manacapuru, a Polícia Civil conseguiu realizar a prisão de 4 pessoas e a apreensão de várias porções e trouxinhas de produto entorpecentes.



Na primeira ação que ocorreu no Bairro São João do Miriti, os policiais civis encontraram na residência de Samuel Tavares Nascimento (21), 37 gramas de droga. Várias denúncias para o linha direta da delegacia de Manacapuru, davam informações que Samuel atua com a comercialização de droga no local, o que foi constatado pela equipe policial que realizou a prisão do mesmo. Samuel já responde por tráfico e violência doméstica, segundo a Polícia Civil, o mesmo já tem 5 passagens pela Delegacia de Manacapuru.




Em outra ação, de acordo com Delegado Rodrigo Torres, ocorreu no Rip-rap do Bairro Aparecida, na ocasião três pessoas foram detidas, incluindo uma idosa de 60 anos, identificada como Francinete Pereira dos Santos, e um menor de 14 anos, o outro preso nessa ação policial, foi Sandro Silva dos Santos (25), ambos netos da idosa. Segundo o Torres, Sandro é um velho conhecido da Polícia Civil de Manacapuru, com passagens em 2017 por tráfico de drogas.



"Essa residência é uma boca de fumo antiga aqui de Manacapuru, inclusive com outras ações policiais no mesmo local, então, nós recebemos informações que eles continuavam a praticar o tráfico de drogas na área, e após diligências conseguimos realizar a prisão dessas três pessoas, incluindo uma idosa, que ao ver a chegada da polícia, tentou se desfazer de um pacote de drogas, quando foi flagrada, e também um menor, de 14 anos que também estava com várias porções de produto entorpecente". Disse Torres


Todos os presos foram conduzidos para a Delegacia de Manacapuru, onde foram autuados por tráfico de drogas, os maiores presos na segunda ação que ocorreu no Bairro de Aparecida, irão responder além de tráfico de drogas, por associação para o tráfico, posse de munição e corrupção de menor. Os mesmos seguem na carceragem da Delegacia à disposição do Poder Judiciário.


Publicidade




0 comentário