Corpo do Cb Charles supostamente foi encontrado na Ilha das Onças, no Careiro da Várzea.

Cabo da PM Charles Faria e Daniel Nunes Bruno de Souza (21), estavam com mais três amigos supostamente em uma pescaria no Rio Solimões, quando foram atacados por piratas.


#nahora


A Policia Civil, esta investigando um suposto ataque de piratas no rio Solimões, entre as comunidades do Canabuoca e Marrecão, zona Rural de Manacapuru, caso que ocorreu na madrugada da ultima segunda-feira (01). Na ocasião, segundo a apuração da Polícia Civil, um grupo de amigos, incluindo o Cabo da Policia Militar Charles Farias, mais dois ex-policiais militares, e outras duas pessoas, dentre elas Daniel Nunes Bruno de Souza (21), estava realizando uma pescaria no local, quando os homens foram abordados por piratas que fortemente armados já chegaram atirando contra o grupo.

Daniel Bruno (21), teve corpo encontrado no Solimões, próximo a Com. Bela Vista, em Manacapuru

De acordo com a Polícia Civil, três dos cinco ocupantes da lancha conseguiram escapar após pular no rio, já Daniel Bruno, foi alvejado pelos disparos, o corpo dele só foi encontrado na noite da ultima quarta-feira (03), boiando no rio Solimões, nas proximidades da Comunidade de Bela Vista, em Manacapuru.


E na manhã desta sexta-feira (05), quatro dias após o ocorrido, surgiu a informação que o corpo do Cabo da PM, Charles Farias, teria sido encontrado boiando no rio, nas proximidades da Comunidade Ilha das Onças, Zona Rural do Careiro da Várzea.


Cabo PM, Charles Farias, também estava na lancha que foi atacado por piratas

Já no início da noite, por meio de nota o Corpo de Bombeiros confirmou a informação sobre o encontro do corpo, porém, informou que não conseguiu realizar o resgate. Leia nota na íntegra

Segundo o cobom, a equipe de mergulhadores chegou no local da ocorrência e foi informada que os populares haviam amarrado o corpo da vítima com uma corda e mantiveram dentro da água.
Quando os mergulhadores chegaram no local encontraram apenas a corda.
Fizeram buscas de superfície por 3 horas (aprox) e sem sucesso para encontrar o corpo.
Por conta do horário, dificuldade de visibilidade, a equipe retornou.
A ocorrência permanecerá aberta no Centro de Operações e deverá ter continuação amanhã pela manhã.

Um dos sobreviventes já foi ouvido na Delegacia de Manacapuru, um outro homem, que também foi alvejado com um tiro na face, está internado em Manaus, e a Policia Civil aguarda sua alta médica para que ele possa ser ouvido. De acordo com o Delegado Rodrigo Torres, a linha de investigação já foi traçada no intuito de qualificar os suspeitos.


"O que nós apuramos foi justamente que se trata de um ataque de pirantas a um grupo de amigos que estavam pescando no Rio Solimões, nós já temos a identificação de um dos envolvidos nesse crime, e continuamos com as diligências de investigação para tentar o mais breve possível identificar todos os criminosos que participaram dessa ação de piratas, e já estamos preparando as medidas cautelares para serem apresentadas ao Poder Judiciário para que tão logo eles sejam presos, possam pagar pelo crime que cometeram". Ressaltou Rodrigo Torres.





0 comentário