top of page

Corpo de Bombeiros dá dicas para evitar focos de incêndios nos centros urbanos

No primeiro trimestre deste ano, mais de 160 ocorrências de incêndios foram atendidas pela corporação

 

Com objetivo de reduzir os índices de queimadas, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) dá dicas para evitar focos de incêndio nos centros urbanos. Somente entre os meses de janeiro e março deste ano, mais de 160 ocorrências de incêndios foram atendidas pela corporação.

De acordo com o comandante-geral do CBMAM, coronel Orleilso Ximenes Muniz, os incêndios em residências, estabelecimentos comerciais, entre outros, geralmente, iniciam com pequenos focos, que podem ser facilmente evitados com cuidados básicos.

 

“No geral, os incêndios iniciam em algo pequeno, tomando maior proporção com prejuízos materiais e, às vezes, causando vítimas lesionadas ou fatais. Para evitar isso, existem medidas básicas que podem ser adotadas pela população como, por exemplo, desconectar eletrodomésticos da tomada quando não estiver em uso”, pontuou coronel Muniz.

 

E alerta que outro fator importante é a sobrecarga de aparelhos conectados em uma única tomada ou extensão, podendo gerar curto-circuito. Além disso, o comandante-geral esclarece que passar cabos de aparelhos por baixo de tapetes dentro da casa é, também, um perigo, assim como instalar de forma irregular fios elétricos em postes que, além de crime, pode gerar sérios danos à saúde e perdas de patrimônios.

 

Entre os meses de janeiro e março deste ano, mais de 160 focos de incêndio foram combatidos pelo Corpo de Bombeiros Militar, sendo de pequeno, médio e grande proporção. “Em casos de incêndios, a população deve acionar o número 193. Nós temos equipes prontas para atender aos chamados a qualquer hora do dia ou da noite”, concluiu o comandante-geral do CBMAM.

0 comentário

Comentários


bottom of page