Charlete, líder do movimento LGBT em Manacapuru tem perna amputada por problemas de saúde.

Internada no HPS 28 de Agosto, Charlete pediu oração aos amigos.


#nahora


Já dura um ano, os problemas de saúde da líder do movimento LGBT em Manacapuru, Charlete Meneguel, como é conhecida na cidade, em abril do ano passado, sofreu uma furada de prego e sem saber que era portadora de diabetes, Charlete viu seu drama aumentar quando agravou seu estado de saúde, na época, ficou internada no Hospital Platão Araújo, em Manaus, e precisou amputar dois dedos.



Em recuperação, Charlete voltou para Manacapuru e tentou retomar suas atividades normais, reabriu seu salão de beleza, promovia bingos e rifas para custear o tratamento em domicílio. Ativista política, não deixou de participar das eleições do ano passado, sempre se posicionado de maneira firme em favor de seus apoiados e contra seus desafetos.



Em fevereiro o problema dos ferimentos na perna começaram a se expandir, e com gravidade, e em março, Charlete voltou a ser internada, dessa vez, no HPS 28 de Agosto. Após dias de internação e tratamento sem avanços, veio a decisão médica difícil de aceitar, que Charlete precisaria amputar parte da perna.




A cirurgia aconteceu no início desta semana e Charlete continua internada, nesta quarta-feira (31), ela usou as redes sociais para pedir oração.




0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo