Chacina | Três pessoas da mesma família foram executadas e tiveram os corpos queimados em Manacapuru

Atualizado: 30 de mar.

Crime teria como motivação vingança, já que uma das vítimas, identificada pelo apelido de 'Putaria', teria tentado matar um homem a facadas, que prometeu vingança.


#nahora


Um crime bárbaro na tarde desta terça-feira (29), chocou os moradores do Lago do Jacaré, que fica na zona rural de Manacapuru, no Rio Solimões. Três pessoas da mesma família foram mortas, e um foi sequestrado.



De acordo com informações iniciais, um grupo armado invadiu a casa que fica na comunidade rural, e mataram a mãe identificada apenas como Dona Lucineia e dois filhos, e sequestraram um terceiro filho, identificado apenas pelo apelido de 'Putaria'.



Após executarem a mãe e os dois filhos, o grupo ateou fogo na casa com as vítimas dentro, os corpos dos irmãos ficaram totalmente carbonizados, já a mãe teve as duas pernas carbonizadas.



Em seguida, o grupo fugiu levando em sequestro o 'Putaria', que até agora não foi localizado, as suspeitas é que o homem foi levado para ser castigado antes de ser executado.


De acordo com a Polícia Civil de Manacapuru, as diligências iniciais de investigação dão conta para uma possível vingança como a motivação do crime. Já que a vítima que foi sequestrada, teria no dia 23 de fevereiro, tentando matar a facadas, um homem identificado como Josué Silva dos Santos, vulgo China, que jurou vingança.



Uma equipe da Delegacia de Manacapuru estará a caminho do local do crime para aprofundar o trabalho de investigação, que está sendo comandado pelo Delegado Rodrigo Torres.


Nossa equipe está acompanhando de perto esse caso, e logo mais traremos outras informações.


Publicidade



0 comentário