Batalhão Ambiental da PMAM apreende madeira ilegal na BR-319

Carga foi avaliada em mais de R$ 5 mil


#nahora

O Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), apreendeu, na quinta-feira (02/06), cerca de 6 metros cúbicos (m³) de madeira serrada. A carga era transportada ilegalmente na rodovia BR-319, proveniente do município de Autazes (a 113 quilômetros da capital). O condutor do veículo foi detido.


A equipe militar na viatura 1991 fazia patrulhamento próximo ao porto da Ceasa, por volta das 8h45, quando efetuou abordagem a um caminhão de cor laranja e placas JWU-7329, que aparentemente transportava adubo. Durante vistoria, foi encontrada grande quantidade de madeira serrada, escondida sob os sacos de adubo.

Foi solicitado do proprietário do veículo o Documento de Origem Florestal (DOF) referente à carga encontrada, porém ele não apresentou a licença ambiental para fins de comercialização da madeira.

Após a cubagem, a equipe registrou o volume da carga como sendo de aproximadamente 6m³, com valor estimado de R$ 5.400. O proprietário e o material apreendido foram conduzidos à Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema).

Legislação

O BPAmb e CPAmb informam a população que realizar o transporte de produto florestal sem o DOF ou em desacordo com o documento obtido, configura crime ambiental, sujeitando seu(s) autor(es) às penalidades previstas em legislação criminal. O mesmo se aplica a quem vende, transporta, guarda ou expõe à venda, produtos de origem vegetal (carvão ou madeira) sem a devida licença.

Denúncias

A Polícia Militar orienta a população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de ações criminosas, por meio do disque-denúncia 181, ou do 190.

0 comentário