top of page

Barcelos: praias de água doce e cultura reforçam atrativos do destino amazonense

Amazonastur destaca destino, com dicas de como chegar e qual melhor época do ano para visitar


 

Barcelos (a 399 quilômetros de Manaus), além de atrair visitantes para pesca esportiva, também oferece aos visitantes encantamentos por suas belezas naturais e festejos culturais. Nesta série de reportagens, o Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), destaca as principais informações que você precisa saber para visitar o destino, que integra o mapa do turismo brasileiro.

Quem chega a Barcelos, o maior município em extensão territorial do Amazonas e segundo do país, logo percebe em sua orla, a construção de uma igreja católica, que chama a atenção por estar na parte mais alta da cidade. Saltam aos olhos, também, o colorido dos barcos regionais de pesca e a beleza exuberante de duas ilhas: a Praia Grande e a Ilha do Governador, que fazem parte do arquipélago fluvial de Mariuá.

 

Denominada como “alma do barcelense”, a Praia Grande pode ser aproveitada de setembro a março, quando suas areias brancas se destacam por quase toda extensão da cidade. Após março, a extensão da praia vai diminuindo conforme a subida dos rios.

 

Para aproveitar a Praia Grande é simples. A travessia é feita por voadeiras, localmente conhecidas como Uber Fluvial, que custam, em média R$ 5, o trecho, e o trajeto dura em torno de 15 minutos. O local dispõe de barracas com bebidas e comidas regionais, que podem ser degustadas na beira da água geladinha do rio Negro.

 

Luais, festejos da cidade e shows também fazem parte da rotina de quem aproveita Barcelos. A dica extra é aproveitar o belo pôr do sol na praia, observando a cidade do outro lado.

 

Festival de Peixe Ornamental

 

Acompanhar o Festival de Peixe Ornamental é uma ótima opção para conhecer Barcelos. A disputa entre Acará-disco, que traz as cores preta e amarela, e o Cardinal, com as cores vermelha e azul, acontece nos meses de janeiro, no Centro Cultural Esportivo Mariuá, também conhecido como ‘Piabódromo’.

 

A disputa entre os peixes ornamentais se destaca culturalmente, com muita dança, música e alegorias. A cultura amazônica exaltando a figura do piabeiro, que busca os peixes ornamentais durante seu dia a dia. Durante o festival, a programação da cidade é voltada para a disputa do Acará-disco e Cardinal, e conta com eventos esportivos, shows e muitas outras atrações na cidade.

 

Pesca esportiva

 

O que não pode faltar em Barcelos são turistas de diversos lugares, principalmente da região Sudeste do Brasil e americanos, interessados na pesca esportiva da região. Pensando nisso, os empreendimentos locais também oferecem a opção de barcos-hotéis e pacotes personalizados, como da Marreco pesca esportiva (@marreco.pesca.esportiva), que também oferece opção de acomodação em um barco com estrutura voltada para pesca, o Floating Lodge.

 

Para conhecer as belezas de Barcelos, o acesso pode ser fluvial ou aéreo, saindo de Manaus. A Azul Linhas aéreas oferece voo em aviões modelo caravan para a cidade, todas as segundas, quartas e sextas-feiras. Se a opção for realizar um passeio mais regional, o acesso fluvial pode ser a opção. Com duas modalidades fluviais, típicas da região, o barco recreio, que leva em média 30 horas para chegar ao destino, e a lancha expresso, que leva em torno de 12 horas. Ambas com saída do porto do São Raimundo, em Manaus.

0 comentário

Comentários


bottom of page