Banhistas voltam a descumprir decreto e se aglomeram no Miriti e em outros Balneários de Manacapuru

Operação Balneários, deflagrada pelo Comitê de Enfrentamento da Covid-19, fechou estabelecimentos que descumpriam o decreto que visa o isolamento social.


#nahora


Manacapuru, continua a registrar casos de infecção pelo coronavírus e casos de óbitos, mesmo assim, muitas pessoas ainda insistem em descumprir os Decretos Estadual e Municipal, que restringe o funcionamento de algumas atividades consideradas não essenciais na cidade, dentre elas, o funcionamento de balneários e casas de shows.



Pela segundo fim de semana consecutivo, banhistas insistem em descumprir a determinação e causam aglomeração em balneários de Manacapuru. Durante uma ação de fiscalização, centenas de pessoas foram flagradas no Miriti, e em outros balneários da Rodovia AM 352.


Os locais como bares, quiosques e barracas que funcionam nesses locais, foram fechados e o banhista reconduzidos para casa, o responsável por um balneário na AM 352, foi atuado e o estabelecimento corre o risco de ter seu alvará de funcionamento cassado, porque já é rescindente.



Manacapuru apresenta atualmente, segundo o último boletim da FVS, a ocorrência 7.308 casos e o triste número de 283 óbitos.


Veja panorama da Covid-19 nos municípios do interior do Amazonas

Dos 331.172 casos confirmados no Amazonas até este sábado (13/03), 153.118 são de Manaus (46,24%) e 178.054 do interior do estado (53,76%).


Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (9.119); Parintins (8.749); Iranduba (7.955); Tefé (7.623); Manacapuru (7.308); São Gabriel da Cachoeira (7.289); Humaitá (6.679); Itacoatiara (6.662); Carauari (5.706); Presidente Figueiredo (5.446); Lábrea (5.329); Rio Preto da Eva (4.171); Careiro (4.083); Barcelos (3.972); Ipixuna (3.962); São Paulo de Olivença (3.840); Eirunepé (3.588); Maués (3.487); Tabatinga (3.094); Itapiranga (2.800); Manicoré (2.748); Santa Isabel do Rio Negro (2.659); Pauini (2.510); Autazes (2.499); Atalaia do Norte (2.442); Alvarães (2.439); Benjamin Constant (2.439); Nova Olinda do Norte (2339); Boca do Acre (2.301); Urucurituba (2.218); Barreirinha (2.112); Novo Airão (2.078); Beruri (1.930); Maraã (1.819); Urucará (1.780); Anori (1.779); Amaturá (1.750); Tapauá (1.675); Santo Antônio do Içá (1.612); Uarini (1.610); Nhamundá (1.586); Anamã (1.514); Borba (1.483); Novo Aripuanã (1.467); Envira (1.449); Codajás (1.428); São Sebastião do Uatumã (1.366); Jutaí (1.357); Manaquiri (1.342); Guajará (1.322); Fonte Boa (1.307); Silves (1.243); Tonantins (1.134); Canutama (1.031); Apuí (901); Juruá (855); Careiro da Várzea (829); Boa Vista do Ramos (809); Japurá (768); Itamarati (723) e Caapiranga (539).


Óbitos

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 8.157 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 3.359.



A lista inclui Manacapuru (283); Parintins (295); Itacoatiara (268); Coari (189); Tefé (160); Iranduba (126); Tabatinga (113); Humaitá (119); São Gabriel da Cachoeira (99); Maués (84); Presidente Figueiredo (88); Autazes (80); Lábrea (66); Benjamin Constant (64); Nova Olinda do Norte (56); Manicoré (63); Careiro (76); Barcelos (51); Rio Preto da Eva (59); Borba (44); São Paulo de Olivença (56); Barreirinha (54); Urucará (48); Santo Antônio do Içá (38); Alvarães (33); Santa Isabel do Rio Negro (42); Manaquiri (40); Carauari (40); Fonte Boa (29); Tonantins (33); Anori (29); Novo Airão (28); Beruri (31); Nhamundá (31); Jutaí (32); Boca do Acre (21); Itapiranga (26); Novo Aripuanã (24); Guajará (21); Urucurituba (29); Tapauá (19); Uarini (22); Eirunepé (21); Ipixuna (17); Pauini (17); Caapiranga (20); Apuí (18); Codajás (18); Silves (21); Amaturá (15); Boa Vista do Ramos (11); Maraã (12); São Sebastião do Uatumã (17); Juruá (13); Canutama (8); Itamarati (9); Careiro da Várzea (13); Atalaia do Norte (7); Japurá (7); Anamã (4) e Envira (2).



Alerta à população – O uso da máscara, o respeito ao distanciamento social entre as pessoas e a lavagem das mãos com água e sabão ou a utilização de álcool em gel são recomendações consideradas fundamentais no controle da circulação do vírus da Covid-19, que continua presente no estado.


0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Na Hora Fatos Portal de Notícias - Editor-chefe: Érisson Araújo