Após investigação própria, Hospital de Manacapuru descarta casos suspeitos da Covid-19

O anúncio feito na noite de ontem levou em consideração o protocolo da Susam e evol do quadro clínico dos pacientes.


#nahora

Por Érisson Araújo


A direção do Hospital Geral de Manacapuru descartou os casos suspeitos do novo coronavírus que deram entrada na Unidade Hospitalar da cidade.


O anúncio feito por meio de nota esclarece que investigações clínicas realizada pelo próprio Hospital de Manacapuru detectou que os casos estão fora do protocolo de suspeitos de Covid-19 emitido pela Susam.


Alem disso, diz a nota, que a evolução do quadro clínico dos pacientes foi determinante para o descarte. Importante ressaltar que o anúncio dos casos suspeitos foi feito pelo próprio Prefeito de Manacapuru Beto Dangelo, é confirmada pelo por meio de nota pela direção do Hospital Geral Lazaro Reis.


Leia a nota na íntegra sobre o descarte dos casos.


NOTA INFORMATIVA

Com o objetivo de manter a população manacapuruense informada sobre os casos suspeitos de Coronavírus no município, o Hospital Lázaro Reis por meio do Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar, vem atualizar as informações sobre quadro clínico dos pacientes em questão.


Após a realização de investigação epidemiológica minuciosa de dados referentes aos 03 casos suspeitos em Manacapuru de COVID-19, e de acordo com os critérios contidos no formulário de investigação do Plano de Contingência do Estado do Amazonas que define os critérios para casos de COVID-19, além da evolução do quadro clínico dos pacientes citados, chegou-se à conclusão de DESCARTE por critério clínico dos casos suspeitos no município, mantendo-se os pacientes em isolamento hospitalar de acordo com fluxograma interno referente às síndromes gripais.


Pedimos ainda que a população mantenha os cuidados com a higiene:


- Lavando as mãos usando água e sabão com maior frequência que de costume.

- Usando álcool em gel sempre que possível.

- Não tocando os olhos, a boca e o nariz sem higienizar as mãos.

- Não compartilhando alimentos e utensílios.

- Evitando a proximidade com pessoas que apresentem sintomas respiratórios.



0 comentário