A casa caiu para o Leleu do Manacá que foi preso pela Polícia Civil vendendo droga

Alex Oliveira de Souza (23), vulgo Leleu foi preso na Rua Edmilson Teles, no Bairro Novo Manacá.


#nahora


"O coronavírus nunca me assustou". Como canta Thiery em um de seus sucessos do momento, o coronavírus que lute, porque o negócio próprio do Leleu estava de vento em popa no Bairro Novo Manacá. Sem se preocupar com Covid, decreto, isolamento e toque de recolher, ele simplesmente continuou com a venda de droga em sua residência. Até que, uma denúncia para a Delegacia de Manacapuru levou os policiais a irem até o dito local, e após analisar por horas a movimentação de entra e sai, tiveram a certeza que ali o "bagulho" era certo.


Então, assim que o dia amanheceu, os policiais bateram na casa do suspeito, ele ainda sonolento, sem saber do que se tratava, perguntou "o que houve dotô?", "nada demais, você apenas está preso" respondeu o policial civil, Leleu então chorou e disse "mas dotô!!! o que posso fazer para não ser preso?" o investigador então respondeu "simples, me diz quem é teu chefe", ele então se calou, baixou a cabeça e disse, "me leva dotô".


E assim foi feito, Leleu foi conduzido para a Delegacia de Manacapuru e todo material encontrado na casa dele, mais de 300 gramas de droga entre trouxinhas e porções maiores também foi apresentado na DIP, e apesar de Leleu ser réu primário, segundo a polícia, os indícios que ele a temos atua com o tráfico de drogas naquela região do Manacá. Então, Leleu foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e vai ficar na carceragem a disposição da Justiça.




0 comentário